Publicidade

Polícia Civil atuará de forma supletiva nas localidades onde não há unidades da Polícia Federal

Postado em 14/11/2020 7:32

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) contribuirá com o esquema de segurança montado para as eleições municipais, no próximo domingo (15/11). Mais de 300 delegacias estarão abertas das 7h às 19h em cidades das diversas regiões do estado. Nas unidades regionais, o plantão se desenvolve 24 horas por dia. A PCMG atuará de forma supletiva nas localidades onde não há unidades da Polícia Federal, ficando responsável pela apuração dos crimes eleitorais que porventura sejam registrados.

De acordo com a Superintendente de Investigação e Polícia Judiciária, delegada-geral Ana Cláudia Oliveira Perry, a distribuição do efetivo nas diversas unidades possibilitará o atendimento das eventuais ocorrências que demandem atuação imediata das equipes escaladas. “Todos os esforços necessários serão realizados para que o pleito ocorra de forma tranquila e com legitimidade, em respeito aos princípios democráticos”, observa.

Mais de 1,8 mil policiais de todas as carreiras – delegados, escrivães, investigadores, médicos-legistas e peritos – desenvolverão as atividades de polícia judiciária, e cerca de 600 viaturas serão empenhadas. A PCMG estará preparada para efetuar prisões em flagrante e lavrar Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCOs), conforme cada caso. Em que pese o foco de atuação seja em relação às infrações eleitorais, as unidades também receberão ocorrências de outras naturezas durante o expediente.

 

Tecnologia

O planejamento operacional ainda inclui o uso de drones em cidades do interior. A Delegacia Regional de Polícia Civil em Manhuaçu, na Zona da Mata, por exemplo, utilizará o equipamento. A área de abrangência da unidade alcança 24 municípios. “A ferramenta será empregada para prevenir e reprimir crimes, como prática de boca de urna, compra e venda de votos e transporte irregular de passageiros”, detalha o delegado regional Carlos Roberto Souza da Silva.

Segundo o delegado, as imagens captadas pelas câmeras dos equipamentos serão transmitidas a uma base operacional terrestre da PCMG e poderão ser usadas em flagrantes de crimes eleitorais ou mesmo posteriormente, como provas em inquéritos policiais. Silva ressalta, ainda, que as equipes da Regional em Manhuaçu, no dia do pleito, estão orientadas a priorizar investigações de crimes eleitorais, buscando reprimir condutas contrárias à lei.

 

Integração

A Polícia Civil é um dos órgãos que integram o Gabinete Institucional de Segurança para as Eleições 2020, do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG). O juiz auxiliar da Presidência do TRE-MG, Joemilson Donizetti Lopes, pontua a relevância das ações da PCMG para o dia da votação. “Essa iniciativa é extremamente importante para a valorização da atividade da polícia judiciária, que os policiais civis muito bem desempenham com a Justiça Eleitoral. Manifesto, portanto, a minha gratidão a todos e desejo-lhes um excelente trabalho neste pleito eleitoral de 2020. Contamos com cada um”, conclui.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!