Publicidade

Duas barragens localizadas na Zona da Mata foram classificadas como alto risco

Postado em 15/09/2020 7:15

Duas barragens localizadas na Zona da Mata foram classificadas como alto risco Prefeitura-de-leopoldina-divulgação

Duas barragens localizadas em cidades da Zona da Mata foram classificadas como Categoria de Risco Alto, conforme o Relatório de Segurança de Barragens (RSB). Uma delas é de contenção de rejeito de minério e está em Itamarati de Minas e a outra é um açude que fica em Santos Dumont. O documento foi expedido no mês passado pela Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA) e compreende dados de 2019, ano que a situação das barragens no país foi investigada.

Segundo a ANA, a classificação não indica que a barragem possui risco iminente de rompimento, mas demonstra aspectos que podem favorecer para um acidente, como aspectos de projeto, integridade da estrutura, estado de conservação, operação e manutenção e atendimento ao Plano de Segurança. Ao todo, 139 barragens localizadas em Minas Gerais receberam classificação como risco alto.

Além disso, o relatório afirma que no ano passado foram registrados 12 relatos de acidentes e 52 incidentes com barragens em 15 estados brasileiros. De acordo com a ANA, esta foi à maior quantidade de registros feitos, se comparado com anos anteriores. Dos acidentes, um deles se refere ao rompimento da Barragem I da Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho, na região Metropolitana de Belo Horizonte, que ocorreu em 25 de janeiro de 2019. Devido ao acidente, 270 pessoas morreram e mais de 40 mil foram afetadas.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!