Gerdau investe R$ 185 milhões na modernização da usina em Divinópolis - Portal MPA

Publicidade

Gerdau investe R$ 185 milhões na modernização da usina em Divinópolis

Postado em 23/05/2022 14:42
Publicidade

Em 1º de maio, a Gerdau, maior empresa brasileira produtora de aço, deu início às obras do maior plano de investimento dos 27 anos da usina de Divinópolis, localizada na região centro-oeste de Minas Gerais. O aporte recorde de R$ 185 milhões faz parte do pacote de investimentos de R$ 6 bilhões que a Companhia anunciou no ano passado para Minas Gerais e será direcionado para a modernização e o aprimoramento de sistemas e processos que terão impactos significativos nas condições ambientais e na segurança operacional.

A empresa planeja, há 12 meses, a execução de projetos na aciaria, altos-fornos e laminação. Para as reformas, será necessária a paralisação da unidade. As obras devem durar 30 dias e contarão com 2 mil colaboradores diretos e indiretos, contratados exclusivamente para o processo de modernização da planta. O quadro atual de colaboradores será mantido.

De acordo com Carlos Daroit, Diretor Industrial da Gerdau, o plano histórico de investimentos faz parte da estratégia global da empresa em se dedicar ao aperfeiçoamento dos processos vinculados à evolução do pilar de sustentabilidade. “Os investimentos na planta de Divinópolis confirmam a relevância da unidade para a companhia e a importância de Minas Gerais para os nossos negócios. Estamos focados na sustentabilidade da unidade no longo prazo, preparando-a para seguir atendendo à demanda futura por aço dos nossos clientes em todo o Brasil”, afirma.

Automação e produtividade

Foram desenhados 11 projetos para a área do Alto-Forno, totalizando um aporte de R$ 121 milhões, a maior fatia do plano. De acordo com Mauro Castro, Gerente Executivo da Gerdau, responsável pela operação da usina de Divinópolis, os três altos-fornos serão modernizados a partir de uma revitalização. “O alto-forno 2 terá uma reforma completa de todo o sistema estrutural e refratário. Será realizado uma reforma parcial nos refratários do alto-forno 1 e alto-forno 3. O sistema de lavagem de gases do alto-forno 1 será substituído para melhoria da condição de segurança e performance da operação. Os altos-fornos 1 e 2 passam por obras de enclausuramento de correias transportadoras para melhoria do controle ambiental, diminuindo a interferência do vento e a emissão de particulados, explica. “Serão reformados, ainda, o sistema de injeção de carvão vegetal pulverizado (ICP) do alto-forno para reaproveitamento dos finos do biorredutor no processo. O sistema de refrigeração também passará por uma revitalização estrutural”, completa Castro.

A aciaria passará por seis intervenções. Uma das novidades será a instalação de um novo sistema de monitoramento por termografia (temperatura), que permite uma análise em tempo integral das panelas de gusa e de aço. As câmeras possibilitam um melhor planejamento da manutenção dos equipamentos, por exemplo.

Outro eixo do plano é a automação e aperfeiçoamento da performance da laminação. Serão implementados, ao todo, sete projetos. As melhorias têm meta de otimizar os recursos e insumos como água e energia e a garantir um processo mais limpo.

Sobre a usina da Gerdau em Divinópolis

A Gerdau está presente em Divinópolis desde 1994 com uma usina integrada que reúne os processos de alto-forno, aciaria e laminação. A unidade gera na região mais de 920 empregos diretos e indiretos e tem como principal produto o vergalhão usado na construção civil. Desde sua fundação, em 1994, a usina já realizou diversos investimentos nas áreas de segurança, segurança operacional, administrativo e meio ambiente, chegando em 2021 a soma de R$ 1,6 bilhão. Dentro do eixo ambiental, que integra o DNA estratégico da Companhia em todo o mundo, a usina de Divinópolis se destaca pelos índices positivos de reaproveitamento de água (98%), pela utilização de sucata metálica e carvão vegetal provenientes de florestas plantadas da empresa,além de pontos de monitoramento ambiental dentro e fora da unidade e investimentos constantes em novos equipamentos e boas práticas.

Sobre a Gerdau

A Gerdau é a maior empresa brasileira produtora de aço e uma das principais fornecedoras de aços longos nas Américas e de aços especiais no mundo. No Brasil, também produz aços planos, além de minério de ferro para consumo próprio. Com o propósito de empoderar pessoas que constroem o futuro, a companhia está presente em 9 países e conta com mais de 30 mil colaboradores diretos e indiretos em todas as suas operações. Maior recicladora da América Latina, a Gerdau tem na sucata uma importante matéria-prima: 73% do aço que produz é feito a partir desse material. Todo ano, são 11 milhões de toneladas de sucata que são transformadas em diversos produtos de aço. As ações da Gerdau estão listadas nas bolsas de valores de São Paulo (B3), Nova Iorque (NYSE) e Madri (Latibex).