fbpx
Pular para o conteúdo
  • Home
  • Divinópolis
  • Ano começa com alta na cesta básica puxado pelo preço da batata, banana e feijão

Ano começa com alta na cesta básica puxado pelo preço da batata, banana e feijão

Image

A pesquisa realizada pelo Núcleo de Estudos e Pesquisas Econômico-Sociais (NEPES) da Faculdade Una Divinópolis, integrante do Ecossistema Ânima, apontou que o custo médio da cesta básica de alimentos em Divinópolis foi de R$ 606,12. O que representou uma alta de 2,07% em relação a dezembro de 2023 quando o custo da cesta foi de R$ 593,84.

A explicação da alta, para o professor universitário e coordenador do NEPES/Una, Wagner Almeida, é a elevação no preço médio do quilo de batata-inglesa (28,01%) e banana-prata (20,06%). A diminuição da oferta pode ser explicada pelo excesso de chuvas o que provocou aumento no varejo. Outra alta observada foi no preço médio do quilo de feijão (4,09%). “O estudo do Dieese apontou altas cotações do feijão devido à menor oferta. Além de o grão carioca de melhor qualidade estar sendo comercializado por um valor maior, esse tipo de feijão teve a área plantada reduzida, e, mesmo com a menor demanda, por causa das férias escolares, os preços no varejo aumentaram”.

Advertisement

Em janeiro de 2024, período em que foi realizada a pesquisa, houve um aumento de 6,97% no salário-mínimo. No entanto, de acordo com o estudo, estima-se que o salário base para a manutenção de uma família de quatro pessoas deveria ter sido de R$ 5.092,02, ou 3,6 vezes o mínimo de R$ 1.412,00. “A Constituição estabelece que o salário-mínimo deve ser suficiente para suprir as despesas de um trabalhador e de sua família com alimentação, moradia, saúde, educação, vestuário, higiene, transporte, lazer e previdência”, explica Wagner Almeida que alertou, ainda, que o tempo médio necessário para adquirir os produtos da cesta básica foi de 94 horas e 26 minutos pelo trabalhador.

mobile