Divinópolis está em situação de alerta por causa da dengue

Postado em 15/01/2019 17:32

Dias cada vez mais quentes. Termômetros acima de 30 graus facilitam o desenvolvimento daqueles mosquitos responsáveis por transmitir várias doenças. O LIRAA feito em Divinópolis nos últimos dias, apontou alto risco de epidemia na cidade. O índice é de quase seis por cento, acima dos quatro por cento, considerados como risco alto.

 

Essa bandeirinha do lado de fora identificada a presença deles. Os agentes de saúde já começaram a visitar as casas. Do vazinho de planta às flores do quintal.Tudo precisa ser vistoriado,o foco  é justamente eliminar os focos do mosquito Aedes Aegipt, responsável pela transmissão da dengue,Zika Virus, Chikungunya e até a Febre Amarela.

 

O recomendável é que as plantas tenham um furo na parte de baixo do vaso, para facilitar o escoamento da água. Às vezes o perigo pode morar em cima, como as caixas d’água destampadas. De acordo com a vigilância em saúde, 38,6% dos focos foram encontrados em baldes, latas, plásticos e pneus. Outros 26,4% estão em pratos, vasos de plantas e bebedouros de animais.ralinho, caixa de passagem e sanitários inativos chegam a 19,9%.as caixas d´água, tambores, poços e manilhas correspondem a 14,9% dos focos.

 

A região nordeste da cidade lidera o índice de infestação de focos, com 9,7%, seguida da região norte, 7,7%, área central, 7,1%, sudeste 6,2%.A Semusa informou que essas regiões estão em situação de alto risco de epidemia.as regiões sudoeste e oeste estão com risco médio, variando entre 2,4 e 3,9%.

 

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com