Publicidade

Macrorregião avança no Minas Consciente e Divinópolis poderá ir para Onda Verde

Postado em 17/09/2020 7:36

Duas novas macrorregiões de Saúde passarão a integrar a onda verde do plano Minas Consciente, a mais avançada do programa criado pelo Governo de Minas para garantir a retomada segura e responsável da economia no estado. Além da manutenção das regiões Norte e Triângulo do Sul, nesta etapa, as regiões Oeste e Centro-Sul, progridem para a onda verde, depois de 28 dias na onda amarela, graças aos bons índices epidemiológicos.

A onda verde compreende o último nível do plano Minas Consciente, fase em que é permitida a maior parte das atividades, como bares com música ao vivo, cinemas e parques. Todas as aberturas devem respeitar os protocolos da saúde.

Os outros avanços deliberados são para que as macrorregiões Triângulo do Norte e Noroeste avancem para a onda amarela, com a permissão para retomada de serviços como bares e academias. Ao todo, nove macrorregiões de Saúde integram a onda amarela, incluindo também as regiões Sul, Sudeste, Centro, Jequitinhonha, Leste, Leste do Sul e Vale do Aço.

O governador Romeu Zema ressaltou que as mudanças estão em sincronia com a estabilidade do número de casos e óbitos no estado, seguindo a tendência de queda desses índices. Com as alterações, permanece na onda vermelha apenas a macrorregião Nordeste, que possui a menor quantidade de municípios com adesão ao plano Minas Consciente. 

O Comitê Extraordinário Covid-19 também decidiu que, a partir de sábado (19/9), as aulas práticas de todos os cursos de saúde que possuem atendimento direto à população serão consideradas serviços essenciais, podendo retornar às atividades a partir da onda vermelha. O secretário de Estado de Saúde, o médico Carlos Eduardo Amaral, frisou que os cursos devem seguir os protocolos e as normas técnicas voltadas para os profissionais de saúde que atuam na linha de frente de combate à pandemia.

.

Onda Verde:

As macrorregiões  NorteTriângulo do SulOeste e Centro-Sul estão na onda verde. Nesta fase, são permitidos os seguintes serviços:

– Atividades artísticas, como produção teatral, musical e de dança e circo
– Cinemas
– Feiras, congressos, exposições, filmagens de festas, casas de festas, bufê
– Parques de diversão, discotecas, boliches, sinuca
– Bares com entretenimento (shows e espetáculos)
– Serviços de colocação de piercings e tatuagens

Municípios

As seguintes cidades da macrorregião Oeste aderiram ao “Minas Consciente”, até esta quarta, e podem avançar para a Onda Verde. A lista inclui o município de Formiga, que anunciou na terça adesão ao plano.

 

  • Araújos
  • Arcos
  • Bambuí
  • Bom Despacho
  • Carmo da Mata
  • Carmo do Cajuru
  • Carmópolis de Minas
  • Cláudio
  • Córrego Danta
  • Córrego Fundo
  • Divinópolis
  • Dores do Indaiá
  • Estrela do Indaiá
  • Formiga
  • Igaratinga
  • Iguatama
  • Itapecerica
  • Itaúna
  • Japaraíba
  • Lagoa da Prata
  • Martinho Campos
  • Medeiros
  • Moema
  • Nova Serrana
  • Onça de Pitangui
  • Pará de Minas
  • Passa Tempo
  • Perdigão
  • Pimenta
  • Pitangui
  • Santo Antônio do Monte
  • São Francisco de Paula
  • São José da Varginha
  • São Sebastião do Oeste
  • Serra da Saudade

 

Com informações Agência Minas

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!