Publicidade

Assistidos do Helena Antipoff produzem presentes artesanais no Dia dos Pais

Postado em 10/08/2020 17:03

O Instituto Helena Antipoff (IHA) em Divinópolis ajudou seus assistidos a celebrarem o Dia dos Pais no domingo (09/08). Para comemorar a data, eles foram orientados, durante a oficina de convivência, a confeccionarem um cartão, uma mensagem e uma caixinha.
 
Além de incentivar o desenvolvimento de habilidades como a coordenação motora e o foco, explica a educadora social Lidiane Ramos Pereira, uma das responsáveis por coordenar a oficina, juntamente com a educadora Vera Castanheira, a atividade também valoriza a reutilização de materiais recicláveis. “As lembrancinhas que fazemos são, de certa forma, reciclagem. Para o Dia dos Pais, por exemplo, reaproveitamos CDs. Sempre que vamos produzir, buscamos utilizar latinhas de leite, de massa, e reaproveitar esses materiais”, contou.
 
A maioria dos alunos, detalha a educadora, não apenas demonstra interesse pela atividade, como já consegue desenvolver a maior parte dos trabalhos quase independente de ajuda, sempre, claro, seguindo os passos apresentados. “Eles são muito bons com trabalho artesanal e a maioria deles já tem independência ao fazer uma peça”, detalhou.
 
Assim como em outras datas especiais, a oficina de convivência focou em presentear os pais ou outro familiar presente. “Alguns não têm pais. Então a gente conversa, para que eles possam escolher uma figura, um tio, irmão, que goste muito deles para presentear”, destacou Lidiane.
 
Ao poder presentear alguém especial em sua família, a determinação dos assistidos aumenta ainda mais durante as oficinas. “Eles ficam super empolgados, se sentem importantes em presentear alguém que eles gostam”, detalhou.
 
Além dos pais, eles também produziram uma caixinha para o presidente do Instituto Helena Antipoff, Juliano Vilela. “É gratificante receber esse presente dos nossos assistidos. Nós vemos o esforço especial que eles colocam para demonstrar o carinho que sentem pelos seus familiares e saber que eles tiraram um tempinho para me incluir nessa celebração é um sentimento muito especial”, comentou.
 
Durante as oficinas de convivência, os assistidos desenvolvem os mais diversos tipos de objetos artesanais. Conforme explicou a educadora Lidiane Ramos, são realizadas pinturas, trabalhos com papel machê, produzidas mandalas, tapetes, bijuterias, entre outras. Antes da pandemia, as atividades eram realizadas diariamente, agora, porém, em respeito às normas sanitárias de prevenção à covid-19, são quatro assistidos por dia, duas vezes por semana.
 
Os artesanatos produzidos durante as oficinas também podem ser encomendados através do (37) 3221-2001. A arrecadação é revertida em prol dos associados
 
O Instituto Helena Antipoff, entidade sem fins lucrativos fundada em 1970, oferece diversos serviços às pessoas com deficiências intelectual, múltipla e do espectro autista de Divinópolis e região. Na parte de atendimento clínico, a entidade conta com profissionais da neurologia, pediatria e ortopedia pediátrica. Para o atendimento terapêutico, são oferecidos fonoaudiologia, fisioterapia, terapia ocupacional e psicologia. Já no âmbito da assistência social, os assistidos têm acesso ao acompanhamento familiar, à oficina “Vamos Brincar?”, psicomotricidade, musicalIHA e oficina de convivência para adultos.
 
Para contribuir com a instituição, localizada na rua do Cobre, 697, no bairro São João de Deus, basta acessar o site institutohelenaantipoff.org.br/doacoes ou pelo telefone (37) 3221-2001.
 

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!