Publicidade

Ciclone se forma no oceano brasileiro e atinge regiões de Minas Gerais

Postado em 26/10/2020 10:22

Ciclone se forma no oceano brasileiro e atinge regiões de Minas Gerais

Previsão do acumulado de chuvas para Minas Gerais nesta segunda-feira (26), segundo o Climatempo
(foto: Reprodução/Climatempo)

De acordo com os meteorologistas, esse sistema provoca uma área de baixa pressão e cria condições para a formação de nuvens muito carregadas. “Aqui no hemisfério Sul o ciclone subtropical faz com que o vento gire no sentido horário e isso organiza muitas nuvens de tempestade, além de intensificar as rajadas de vento”, esclarece o meteorologista do 5º Distrito do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), Claudemir de Azevedo.

 
O ciclone pode provocar tempestades nas regiões Noroeste, Norte, Zona da Mata e vales do Jequitinhonha, Rio Doce e Mucuri. O acumulado de chuva pode variar entre 80 e 150mm, considerado extremamente forte. Há riscos de deslizamentos, enxurradas e transbordamentos de rios e córregos. Por isso, a orientação é de que a população se mantenha alerta.
 
ciclone subtropical foi identificado pela Marinha Brasileira às 21h desse domingo e foi batizado de Mani. Além de Minas Gerais, ele também deve causar grandes impactos no Espírio Santo e na Bahia. No Rio de Janeiro, em Goiás e no Tocantins as chuvas também chegam, mas com menor intensidade.
 
 
Nas demais regiões de Minas Gerais, incluindo a Grande BH, o ciclone não deve causar grandes impactos. Segundo o Inmet, há apenas chances de pancadas isoladas ao longo de todo dia e de céu de nublado a parcialmente nublado.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!