Publicidade

Z4 volta a rondar o Cruzeiro.

Postado em 29/08/2020 9:35

BANNER FUTEBOL AGOSTO 2020

Após três tropeços acumulados (dois pela Série B e um pela Copa do Brasil), o Cruzeiro revê um velho conhecido que, da última vez que enfrentou, tinha formação e comando diferentes. Agora com Enderson Moreira, a Raposa mantém a busca pela composição de seu DNA com o novo treinador diante do América, às 19h, no Mineirão, e para encerrar a sequência de tropeços do time.

O Cruzeiro vem de três tropeços na temporada. Perdeu por 1 a 0 para a Chapecoense e empatou por 1 a 1 com o Confiança, ambas as partidas pela Série B. Depois, empatou com o CRB por 1 a 1 e foi eliminado da Copa do Brasil. A pressão por bons resultados começa a pairar sobre a Toca da Raposa, principalmente tendo em vista a tabela da Série B.

Com quatro pontos, o Cruzeiro está a um ponto da zona do rebaixamento, mesmo não estando tão próximo em termos de posições na tabela. Mesmo assim, dificilmente, mesmo com uma derrota, a Raposa entrará no Z-4 da Série B.

Em relação ao G-4, a distância é maior. Com quatro pontos, o Cruzeiro está a cinco da zona de acesso. Lembrando que o time era para ter 10 pontos, figurando entre os primeiros colocados. Entretanto, uma punição da Fifa fez o clube começar a Segunda Divisão com seis pontos negativos.

No jogo contra o América-MG, o Cruzeiro segue em busca da formação do seu DNA com Enderson Moreira. O treinador tem encontrado dificuldades para achar ainda a melhor formação, principalmente em termos ofensivos, setor em que a Raposa vem mostrando dificuldades para criação e chutes a gol. Por isso, o treinador deverá promover mudanças no ataque.

Em relação ao time que enfrentou o América, no Campeonato Mineiro, em 9 de fevereiro, o Cruzeiro tem muitas mudanças. A começar do treinador. Antes Adilson Batista, agora Enderson. No time daquele primeiro confronto, saíram já do clube Edilson, Jhonata Robert e Everton Felipe. Outros não deverão ser titulares outros que começaram jogando no empate por 1 a 1, como o lateral João Lucas, o volante Filipe Machado e o atacante Roberson.

Naquela partida, o Cruzeiro buscou o empate, com um gol de fora da área de Maurício. No Mineiro, o Cruzeiro foi eliminado ainda na primeira fase.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!