Publicidade

Sóbis marca para o Cruzeiro, mas América vira nos minutos finais com antigo sonho do Palmeiras e encaminha vaga para a final

Postado em 02/05/2021 18:27

Neste domingo (2) o América encaminhou a vaga para a final do Campeonato Mineiro. Jogando no Mineirão, contra o Cruzeiro, o Coelho venceu o rival de virada por 2 a 1 no clássico e pode até perder por um gol de diferença no jogo da volta, que se classifica.

As duas equipes voltam a campo no próximo domingo (9), na Arena Independência, pelo jogo decisivo da semifinal. Como terminou na frente do Cruzeiro na primeira fase (2º colocado, Raposa em 3º da), o América pode até empatar ou perder por um gol de diferença, que garante vaga na grande decisão.

O clássico começou bastante movimentado, com as duas equipes disputando bastante a bola e caprichando na marcação. E foi aí que, ais 11 minutos, o Cruzeiro chegou pela primeira vez com maior perigo no jogo, após finalização de Airton, que terminou em defesa firme de Cavichioli.

A resposta do Coelho veio aos 22 minutos. Alê lançou a bola na área para Felipe Azevedo, que chicoteou a bola, mas Fábio, atento, fez uma grande defesa para o Cruzeiro.

Advertisement

Aos 31 minutos, os reflexos do goleiro do América-MG impediram o primeiro gol no Mineirão. Rafael Sóbis finalizou de fora da área, ainda houve um desvio pelo meio do caminho, mas Cavichioli fez a defesa e, por muito pouco, não entrou com bola e tudo.

Quatro minutos depois, mais uma grande chance do América. Rodolfo cobrou falta perigosa, mas Fábio mais uma vez fez grande defesa, salvando os donos da casa.

E apesar do jogo equilibrado, o Cruzeiro foi quem abriu o placar. Aos 37 minutos, Rafael Sóbis foi lançado por Bruno José, ganhou do zagueiro Bauermann, invadiu a área e bateu de canhota. O gol chegou a ser anulado pelo árbitro, que depois da revisão no VAR, voltou atrás e validou o tento cruzeirense. 1 a 0 para a Raposa no Mineirão.

Após a validação do gol, o técnico do América Lisca ficou revoltado e reclamou bastante com a arbitragem. Por conta disso, levou o cartão amarelo e terá que cumprir suspensão no jogo da volta, na próxima semana.

Na volta para o segundo tempo, o Coelho quase deixou tudo igual no Mineirão aos 8 minutos. Após receber bom passe de Felipe Azevedo, o atacante finalizou e acertou o travessão de Fábio. Susto no lado do Cruzeiro.

Foi aí que os donos da casa comemoram mais uma vez, mas por pouco tempo. Aos 13 minutos, Sóbis encontrou Airton livre, tocou, e o atacante ampliou para o Cruzeiro. O árbitro, porém, anulou o gol depois de marcar impedimento de Matheus Barbosa na origem da jogada.

Aos 17, o atacante do Cruzeiro voltou a dar trabalho a Cavichioli, após finalizar de fora da área. O goleiro do América, porém, estava atento e fez grande defesa.

O que a Raposa não esperava era que o América consegueria uma virada espetacular a partir dos 40 minutos. Primeiro com Alê, que marcou de cabeça após cobrança de escanteio.

Já o gol da virada veio aos 44 minutos com Ademir, um dos antigos sonhos do Palmeiras para reforçar a equipe na atual temporada, as negociações, porém, não avançaram. Leandro Carvalho lançou bola entre a defesa do Cruzeiro, e o atacante aproveitou, esticando a perna e fazendo o segundo.

Na saída para os vestiários, houve um grande tumulto, envolvendo membros do Cruzeiro e do América.

 

 

Fonte: ESPN.com

 

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!