Procópio Cardoso conta como a Toca da Raposa foi parar nas mãos do Cruzeiro

Postado em 23/12/2019 14:36

Por Procópio Cardozo

Vou contar como a Toca da Raposa 1, hoje CT das divisões de base, foi parar na mão do Cruzeiro.

Um médico de Dona Maria Lúcia, esposa do Doutor Felício, tinha um sítio na região da Pampulha. E ofereceu a ela dizendo que era um local tranquilo e muito bom para se morar em Belo Horizonte.

E juntamente com esse médico, Dona Maria Lúcia levou o esposo, Felício Brandi, para conhecer o tal sítio na região da Pampulha.

Chegando no local, Dona Maria Lúcia ficou encantada com sítio. E pediu ao marido: “Felício, compre! Quero morar aqui. O espaço é ótimo. Podemos colocar brinquedos, construir um tanquinho de areia para as crianças” etc…

Um mês depois, Dona Maria Lúcia questionou o marido: “Felício, e o sítio, você comprou? Vamos morar lá?” Brandi respondeu: “Estou negociando, tentando baixar o preço. Mas vamos sim, vamos morar lá com as crianças”

Passados três meses, Dona Maria Lúcia voltou a cobrar: “Felício, e o sítio? E ele deu outra resposta: “O terreno tem problema na escritura, estamos tentando resolver, tenha calma”

Mais uns dois ou três meses, Dona Maria Lúcia se encontrou com médico e perguntou: “O que aconteceu, por que o negócio ainda não foi fechado?”

O médico então deu uma resposta surpreendente: “Como não? Fechei com o Felício na mesma semana que vocês conheceram o sítio. E ele me pagou alguns dias depois”

Foi quando a verdade veio a tona: Felício Brandi confessou que tinha, de fato, comprado o terreno, mas ao invés de construir lá sua nova moradia, doou para o Cruzeiro e já estava há alguns meses construindo a Toca da Raposa com dinheiro do próprio bolso.

Felício Brandi levou uma bronca daquelas da esposa: “Se não bastasse me deixar esperando meia hora na igreja no dia do nosso casamento porque estava contratando o Tostão, agora você compra o sítio, que seria nossa nova casa e doa para o Cruzeiro? Você não tem jeito, Felício!!”

Alguns anos atrás o Conselho Deliberativo do Cruzeiro aprovou a mudança do nome “Toca da Raposa” para “CT Presidente Felício Brandi”, por sugestão do AnisioCiscotto
. Outro dia passei lá em frente mas não vi a mudança no letreiro da portaria. Será que voltaram atrás?

Procópio Cardozo foi um dos maiores zagueiros da história do Cruzeiro. Participou do histórico Tri Mineiro 59-60-61, foi campeão do Brasileiro 1966 e formou dupla de zaga com Roberto Perfumo nos anos 70. Acumulou passagens por Fluminense, Palmeiras, São Paulo e Seleção Brasileira. Como treinador, dirigiu o Cruzeiro no fim dos anos 70. É um dos ex-atletas que mais conhecem a história do Cruzeiro Esporte Clube.

Publicação: repórter Hugo Serelo.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
error: Este conteúdo é protegido!