fbpx
Pular para o conteúdo

Final inédita do Mundial. Fluminense x Manchester City. A Minas FM transmite.

Image

Fluminense e Manchester City, da Inglaterra, se enfrentam nesta sexta-feira, às 15h (de Brasília), no King Abdullah, em Jedá, na Arábia Saudita, pela final do Mundial de Clubes.

A Minas FM 104,1 transmite, a partir das 14h45 com o Abre o Jogo e às 15h a bola rola com Leo Lasmar, Bruno Bueno e Ricardo Lasmar. Acompanhe também pelo www.radiominasfm.com.br, facebook.com/minasfmdivinopolis, You Tube e Instagram Minas FM.

Estreante na competição, o Fluminense chega com moral para a primeira disputa do Mundial de Clubes em sua história. Campeão da Conmebol Libertadores, o time de Fernando Diniz eliminou o Al Ahly, do Egito, na semifinal e gera interesse pelo futebol envolvente que exibe desde o ano passado. Resta à equipe a disputa de um jogo para encerrar a temporada que já é vencedora.

Na quarta colocação da Premier League, o Manchester City chegou ao Mundial vindo de tropeços recentes diante de Chelsea, Liverpool, Tottenham, Aston Villa e Crystal Palace. Mas o time de Pep Guardiola não passou dificuldade diante do Urawa Red Diamonds, vencendo por 3 a 0 o confronto nas semifinais, com gols de Hoibraten (contra), Kovacic e Bernardo Silva.

Em entrevista coletiva, o técnico Fernando Diniz não deu pistas da escalação. Mas não tem muito mistério. Com todos à disposição, a equipe já tem uma espinha dorsal e deve ser a mesma que venceu a Conmebol Libertadores e eliminou o Al Ahly na semifinal do Mundial de Clubes.

Escalação provável do Fluminense: Fábio; Samuel Xavier, Nino, Felipe Melo e Marcelo; André, Martinelli e Ganso; Arias, Keno e Cano. Técnico: Fernando Diniz.

Sem poder contar com Haaland, De Bruyne e Doku, lesionados, o treinador mandou a campo diante dos japoneses basicamente o que tinha de melhor disponível, com a exceção do zagueiro Rúben Dias e do atacante Julián Álvarez. A expectativa é que os dois, entretanto, sejam titulares na final – o português faria a composição inicial da zaga com Stones, e o argentino seria a referência no ataque, com Foden voltando ao meio de campo. Assim, Matheus Nunes e Akanji perderiam suas vagas. O técnico ainda pode optar por Gvardiol no lado esquerdo da defesa, no lugar de Aké.

Provável escalação do Manchester City: Ederson, Walker, Stones, Rúben Dias e Aké; Rodri, Kovacic e Foden; Bernardo Silva, Grealish e Julián Álvarez. Técnico: Pep Guardiola.

Equipe de Arbitragem: Árbitro: Szymon Marciniak (Polônia), Assistente 1: Tomasz Listkiewicz (Polônia), Assistente 2: Adam Kupsik (Polônia), Quarto árbitro: Jésus Valenzuela (Venezuela)

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x