"Estava ruim, agora parece que piorou". - Portal MPA

Publicidade

“Estava ruim, agora parece que piorou”.

Postado em 30/10/2021 12:39

É difícil de acreditar, mas passadas 32 rodadas da Série B, a campanha do Cruzeiro neste ano é pior do que a do ano passado, quando o time começou a competição com menos seis pontos. Nesta temporada, o time mineiro soma 39 pontos. Ao fim da mesma rodada, em 2020, a Raposa tinha 41 pontos.

Na temporada passada, o clube mineiro começou a competição com menos seis pontos por causa de uma punição da FIFA por não pagamento de uma dívida pelo empréstimo do volante Denílson, do Al Wahda ao Cruzeiro. Mesmo assim, clube começou bem e ganhou as três primeiras partidas seguidas, eliminado o saldo negativo.

Ao fim da rodada 32, o time celeste tinha 12 vitórias, 11 empates e 9 derrotas. Estava na 13ª posição. Nesta temporada, sem o saldo negativo de punição, os números são piores. O Cruzeiro está com 39 pontos, na 13ª posição, podendo ainda cair mais na tabela ao fim da rodada. São 8 triunfos, 15 empates e 9 derrotas.

O que há de semelhante entre as duas temporadas é a má gestão do Cruzeiro. Em 2020, foram quatro treinadores. O clube começou o ano com Adilson Batista, depois Enderson Moreira, Ney Franco e Luiz Felipe Scolari, que chega para tentar salvar o time de um vexame ainda maior que seria o rebaixamento à Série C do Brasileiro.

Neste ano, o enredo se repete. Felipão iniciou a temporada. Foi seguido por Célio Lúcio (como interino), Felipe Conceição, Mozart e, agora, Vanderlei Luxemburgo. Outro ponto que não mudou são os constantes salários atrasados entre jogadores e funcionários.

Na temporada passada, a Raposa terminou a competição em 11ª lugar, com 49 pontos. Ainda faltam seis jogos, ou seja, dezoito pontos em disputa, para o time comandado por Luxemburgo conseguir ter uma campanha melhor na reta final e superar 2020.

FUTEBOL MINAS FM

FUTEBOL MINAS FM

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
antes do if

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade