Publicidade

Do banco a titular absoluto. A volta por cima de Luan com Vagner Mancini

Postado em 22/11/2019 14:59

A temporada de Luan no Atlético foi uma montanha-russa. No meio do ano, o meia passou pelo pior momento de sua trajetória no Galo. Perdeu posição e chegou a ficar fora até do banco de reservas. Teve sua sequencia no clube ameaçada, mas deu a volta por cima e, com Vagner Mancini, se consolidou novamente como peça-chave da equipe.

As escalações do Atlético com o atual treinador são a principal prova da volta por cima de Luan. O camisa 27 voltou a ser titular absoluto do Galo e tem feito boas partidas. Caso seja confirmado no time para este domingo, contra o Athletico-PR, às 16h00, no Mineirão, Luan passará a ser o único jogador de linha a aparecer entre os titulares em todos os nove jogos de Mancini no comando do Galo – já considerando o duelo com o Furacão.

Até aqui, nos oito jogos já disputados sob comando do técnico, apenas Cleiton, Réver, Igor Rabello e Luan jogaram todos. Os dois zagueiros, porém, estão suspensos para a partida contra o Athletico-PR e serão substituídos por Léo Silva e Maidana, o que fará com que Luan passe a ser o único jogador de linha titular em todas as partidas de Vagner Mancini.

“Fico muito feliz pela regularidade nos últimos jogos e pelas atuações que tenho tido recentemente. Nunca deixei de trabalhar firme, pois sabia que uma hora o clube poderia precisar de mim, e eu estaria à disposição de qualquer que fosse o treinador”.

“Treinava forte no CT, em casa, me cuidando na alimentação e preparo físico, e voltei em bom nível pra ajudar os companheiros e o Galo.”

Luan tem contrato com o Galo até abril de 2022. No início dessa temporada, chegou a despertar interesse do Corinthians, mas os clubes não entraram em acordo, e o “Maluquinho” permaneceu. Considerando o elenco atual, Luan é o terceiro atleta com mais jogos pelo Galo (301), atrás apenas de Victor (418) e Léo Silva (386). Luan já marcou 48 gols pelo Atlético e acumula os títulos do Campeonato Mineiro (2013, 2015 e 2017), Libertadores (2013), Recopa Sul-Americana (2014) e Copa do Brasil (2014).

Publicidade
Veja também
Noticias relevantes:
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!