Publicidade

Cruzeiro mantém calvário na segunda divisão com derrota para Brasil em Pelotas e cola no Z-4

Postado em 03/09/2020 7:25

A temporada do Cruzeiro na Série B segue desesperadora. A equipe celeste foi a Pelotas enfrentar um Brasil que não havia vencido ninguém no Campeonato Brasileiro, mas viu o jejum acabar justamente no confronto desta quarta-feira (2).

Gabriel Poveda saiu do banco de reservas para mexer no placar e garantir a vitória xavante por 1 a 0, no Estádio Bento Freitas, em Pelotas. Foi uma das únicas chances do Brasil, que não vencia desde 29 de julho, pelo Campeonato Gaúcho, e soube segurar a pressão do Cruzeiro para somar três importantíssimos pontos na, por enquanto, luta pela permanência na Série B.

Com a vitória no jogo que fechou a sétima rodada, o Brasil subiu quatro posições e saltou para o 13ª lugar na tabela, com seis pontos, empatado com o Confiança. Já o Cruzeiro caiu dois degraus e vai dormir na beira da zona de rebaixamento, em 16º, com quatro pontos.

Sempre é bom lembrar que o time mineiro começou sua campanha na Série B com seis pontos negativos, por conta de uma punição da Fifa, pelo não pagamento ao Al-Whada de 850 mil euros (cerca de R$ 4,8 milhões em valores de junho, quando da decisão) na contratação do volante Denilson, em 2016.

A derrota pode prejudicar o andamento do trabalho de Enderson Moreira. Agora, são cinco jogos sem vitória, sendo quatro pela Série B e um na Copa do Brasil, que culminou com a eliminação. O treinador é cada vez mais pressionado dentro e fora do clube.

O resultado desta noite é reflexo de um time que não soube aproveitar as chances que teve. O Cruzeiro finalizou 20 vezes ao gol do Brasil, mas apenas quatro na direção certa, o dobro das duas que o time gaúcho acertou na meta de Fábio.

No primeiro tempo, o time mineiro chegou quatro vezes com perigo, duas delas com Arthur Caíke, em chutes que passaram perto do travessão, mas o gol insistiu em não sair. O Cruzeiro foi para o intervalo com dez chutes contra um do adversário.

Na etapa final, o Brasil se organizou defensivamente e soube aproveitar os espaços deixados pelo Cruzeiro até sair o gol de Poveda. Depois, foi se fechar na defesa para manter um resultado até inesperado.

 

 

Fonte: ESPN.com

.

Ouça o gol da partida com Leo Lasmar:

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!