Publicidade

Com gol do estreante Nacho, Galo bate Coimbra e segue invicto no Mineiro

Postado em 19/03/2021 20:09

Nacho Fernández, Igor Rabello e Hulk marcaram para o

Galo nesta sexta (19)

Em noite de estreias, o Atlético bateu o Coimbra por 3 a 0, pela 5ª rodada do Campeonato Mineiro, no Mineirão, nesta sexta-feira (19). Com a vitória, o Galo segue invicto na competição e na liderança isolada com 15 pontos. A equipe alvinegra também tem o melhor ataque do Estadual. Do outro lado, a derrota do Coimbra manteve o time na lanterna do campeonato, ainda sem vencer. 

Cuca fez sua reestreia com a camisa do Galo. Em sua segunda passagem pelo clube, o treinador comandou a equipe em campo pela primeira vez nesta sexta. Nacho Fernández também estreou e foi brilhante com a camisa do Atlético. O meia argentino marcou um gol, deu assistência para outro e sofreu um pênalti que gerou o terceiro gol do Galo, tudo ainda no primeiro tempo. Com o jogador atuando mais avançado, o meio de campo alvinegro funcionou e dali saiu as principais jogadas. 

Advertisement

O Coimbra começou a partida muito melhor. Nos 15 primeiros minutos as três boas oportunidades do jogo foram do Coimbra. O Galo, jogando muito avançado, sofreu com os contra-ataques. Logo no primeiro minuto de jogo quem surpreendeu a defesa alvinegra foi o atacante Guilherme Santos, jogador da base do Atlético que foi emprestado ao Coimbra para a disputa do Estadual. 

Depois de uma jogada pela esquerda em que a defesa do Galo conseguiu tirar, a bola sobrou para o artilheiro, que, cara a cara com Everson, chutou forte, mas foi travado pelo goleiro. Aos seis minutos o Coimbra chegou até a balançar as redes, mas a arbitragem anulou o lance, alegando toque de mão do atacante Igor.

O time de Contagem até dominou os primeiros minutos, mas não conseguiu sustentar por muito tempo e perdeu o gás. Depois da segunda metade do primeiro tempo o Galo teve mais presença em campo e isso refletiu no placar. Três gols marcados em menos de 20 minutos.

Aos 27 minutos, o estreante do dia marcou o dele. Em uma jogada totalmente “gringa”, o argentino Nacho Fernández fez de cabeça depois de cruzamento do chileno Eduardo Vargas, que recebeu do paraguaio Junior Alonso. Depois de Vargas perder um gol sozinho com o goleiro, Nacho cobrou escanteio e, de cabeça, Igor Rabello marcou aos 36 minutos. Foi o segundo gol do zagueiro no Estadual. 

Aos 43 minutos, mais uma vez, o estreante foi decisivo. Sofreu um pênalti, que na sequência, foi cobrado por Hulk, que marcou pela primeira vez com a camisa do Galo. No início do segundo tempo Cuca fez as primeiras alterações, sem mudanças táticas no jogo. Guga no lugar de Mariano e Zaracho para a vaga de Jair. Allan e Vargas também foram substituídos por Hyoran e Sasha respectivamente. Com a mudança, Zaracho jogou mais recuado, da mesma forma que estava sendo utilizado até aqui na competição como titular. 

No segundo tempo, o Galo voltou mais para administrar o resultado. Sem o mesmo ritmo dos 20 minutos finais do primeiro tempo, o Galo finalizou pouco na etapa complementar, sem levar muito perigo ao gol do Coimbra. Sasha e Hyoran, que entraram no segundo tempo, tiveram oportunidades importantes, mas não aproveitaram e o jogo terminou com o placar da primeira etapa.

Atlético: Everson; Mariano (Guga), Igor Rabello, Junior Alonso e Dodô; Jair (Matias Zaracho), Allan (Hyoran) e Nacho Fernández; Hulk, Eduardo Vargas (Eduardo Sasha) e Keno (Nathan).

Coimbra: Jodi; Filipe, Carciano, Augusto e Lucas Hipólito (Thiago Balaio); Thomás, Kauê, Bruno Rocha (Eduardo) e Marquinho; Igor e Guilherme Santos (Yuri)

Cartões amarelos Jair, Junior Alonso (Atlético); Carciano, Lucas Hipólito (Coimbra)

fonte: www.otempo.com.br

 

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!