Publicidade

Campeonato Holandês é encerrado e gera polêmica

Postado em 25/04/2020 12:41

A decisão da Federção Holandesa de dar por encerrado o campeonato nacional por causa da pandemia do coronavirus revoltou alguns clubes do país. Principalmente o FC Utrecht, que não se conforma por ter ficado fora da Liga Europa da próxima temporada.

Em sexto lugar quando o torneio foi paralisado, o clube tinha a possibilidade de garantir a vaga de duas forma: alcançar um posto acima na tabela do campeonato, ou se conquistasse a o titulo da Copa da Liga da Holanda, para qual estava classificado à decisão contra o Feyenoord. No entanto, a competição também foi cancelada.

“O FC Utrecht não aceita ficar fora de distribuição das vagas europeias. O FC Utrecht não hesitará em desafiar esta decisão diante de um tribunal esportivo e da Uefa”, diz um trecho do comunicado oficial do clube.

Dono do Utrecht, Frans Van Seumeren foi mais duro. Assim como Adrián Dalmau, atacante do time.

– Acho que a KNVB (Federação Holandesa de Futebol) é uma organização terrivelmente amadora. Há uma arbitrariedade tão grande em suas decisões. Não suporto realmente isso – disse Van Seumeren, em entrevista ao jornal “De Telegraaf”.

– Estou muito zangado. É embaraçoso, ridículo e esportivamente injusto. Esta decisão não se baseia em nenhum critério. A KNVB nem sequer nos deixará jogar a final da copa a portas fechadas em setembro. Eles tiraram algo de nós que poderíamos ter ganho em campo e não podemos dizer nada contra isso – afirmou Dalmau, de 26 anos, em entrevista ao jornal “Marca”.

Além do Utrecht, outro clube revoltado com a medida da federação holandesa é o Cambuur, que liderava a segundona com quatro pontos de vantagem para o segundo e 11 para o terceiro. O time não vai poder competir na elite da Eredivisie uma vez que não haverá rebaixamento ou promoção nesta temporada.

– É a maior desgraça da história do esporte holandês. Tento sempre ver o melhor nas pessoas e nas suas decisões, mas isto é inacreditável. A Uefa pediu decisões justas, mas esta está longe de o ser. Somos líderes desde meados de outubro. Essa decisão terá graves implicações esportivas e financeiras – disse Henk de Jong, técnico do Cambuur.

A primeira divisão do Campeonato Holandês chegou ao fim com oito rodadas a serem disputadas, além de jogos adiados envolvendo os líderes Ajax e AZ. As duas equipes tinham 56 pontos em 25 partidas disputadas, com campanha praticamente idêntica, com 18 vitórias, dois empates e cinco derrotas. A diferença a favor do Ajax era no saldo de gols: 45 contra 37 do AZ. Os dois times ficam com as vagas na Liga dos Campeões, enquanto Feyenoord, PSV, Willem II, Utrecht e Vitesse se classificam para a Liga Europa.

Na parte debaixo, os clubes que se salvam são o Fortuna Sittard (que disputaria o playoff contra o terceiro colocado da segunda divisão), o ADO Den Hag e o lanterna Waalwijk. Os clubes que veem o acesso escapar pelas mãos são o Cambuur e o De Graafschap, que tinham boa vantagem nas duas primeiras colocações da segunda divisão, com 66 e 62 pontos. Outros seis times jogariam um playoff para apontar um candidato a disputar uma terceira vaga na elite.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!