Atlético vai as “vendas” para fazer caixa. Cleiton e Cazares são as ofertas.

Postado em 26/12/2019 19:19

No início da semana, o presidente Sérgio Sette Câmara, do Atlético, indicou que Cazares deve ser negociado nesta janela de trasnferências. O camisa 10 equatoriano tem 27 anos e contrato com o Galo até o fim de 2020. O clube mineiro vê essa virada de ano como a última oportunidade de lucrar com o armador, já que, caso não renove vínculo, Cazares fica livre para assinar um pré-contrato com outra equipe a partir do meio do ano.

Desde que o Atlético revelou que Cazares está “à venda”, uma série de especulações apareceram. Um possível interesse do São Paulo, uma possibilidade de acordo com o Palmeiras (envolvendo outros atletas). Mas a realidade é que o Atlético não pretende negociar o camisa 10 com outro clube brasileiro, e sim com uma equipe estrangeira.

A chance de Cazares trocar o Galo por outra equipe do Brasileirão é “quase zero”. O clube, claro, leva em consideração a qualidade técnica do jogador para evitar negociá-lo com um concorrente direto nas competições nacionais.

Cazares chegou ao Atlético em 2016. Fez, até aqui, 204 jogos e 41 gols com a camisa alvinegra. É o estrangeiro com mais jogos pelo clube na história e o segundo gringo que mais fez gols pelo Galo, com um a menos que Lucas Pratto.

Campeão da Série B 2019, o Bragantino tem o forte investimento do Red Bull e promete montar um time forte para o Brasileirão 2020. O clube já anunciou reforços, entre eles o atacante Alerrandro, ex-Atlético. E quer tirar mais um jogador do Galo: Cleiton.

O goleiro é cria da base atleticana e tem contrato longo com o Alvinegro de Belo Horizonte, até o fim de 2022. Em outubro, o interesse do Bragantino se tornou público, mas a diretoria do Atlético fez jogo duro e avisou que Cleiton custa 20 milhões de euros (mais de R$ 90 milhões na conversão atual). Isso não intimidou o clube paulista, que voltou à carga pelo jovem arqueiro, de 22 anos.

O Bragantino fez nova proposta por Cleiton, mais agressiva que a anterior, e o Atlético estuda se vende ou não o goleiro. 

Além de defender o Atlético, Cleiton também é o goleiro da Seleção sub-23. O garoto fez uma ótima temporada em 2019, aproveitando bem o espaço deixado por Victor, que perdeu grande parte do ano em função de uma tendinite no joelho esquerdo. Ao todo, Cleiton tem 43 jogos pelo profissional do Atlético e 40 gols sofridos.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: Este conteúdo é protegido!