Publicidade

Atlético precisa de “ajuda” para quitar salários.

Postado em 02/10/2020 13:11

BANNER FUTEBOL AGOSTO 2020

Uma das exigências de Jorge Sampaoli será cumprida do Galo, ainda que com semanas de atraso, nesta sexta-feira. Com ajuda de parceiros, o Galo irá quitar os salários referentes ao mês de agosto, não pagos no quinto dia útil de setembro. A informação foi confirmada pelo próprio presidente Sérgio Sette Câmara, em entrevista à Rádio 98 FM.

“Até acabei de receber a informação, e só falo isso com certeza, de que amanhã estaremos pagando a folha de agosto. Estamos tirando água de pedra”

A família Menin, composta pelos conselheiros Rubens e Rafael, fazem empréstimos com juros mínimos e sem prazo para recebimento, ajudando diretamente o Galo no fluxo de caixa. Sérgio Sette Câmara ressaltou as dificuldades financeiras do Atlético, aumentadas pela pandemia da Covid-19.

“É um trabalho muito difícil de ser realizado, é duro. Buscamos antecipação de receita de shopping, de clube, algum recurso de decisão judicial. Não existe milagre. O torcedor está ávido para ter um time forte, que brigue pelo campeonato, que ano que vem brigue por outros tantos campeonatos, mas é importante entender a realidade. Até aproveito o momento para fazer apelo ao torcedor. Ele que pode carregar o clube no momento de dificuldade, aderindo ao programa de sócio-torcedor”.

No seu relato, o chefe administrativo do Atlético ainda afirma que o clube deixa de arrecadar por volta de R$ 800 mil toda vez que joga em casa, uma vez que os portões do Mineirão seguem fechados. Mais do que isso, o Galo tem prejuízo nas partidas em Belo Horizonte, arcando com as despesas do jogo, sem nenhuma receita de bilheteria. Além disso, o clube antecipou receitas da TV em 2015 (R$ 11 milhões), impactando no atual momento.

“O salário de agosto está pago e não teremos mais nenhum tipo de atraso, faremos de tudo para manter o salário em dia. Sei que é obrigação, mas o momento é de dificuldade, então o esforço é grande”

O Atlético volta a campo no próximo domingo, às 20h30, contra o Vasco, no Mineirão, em partida válida pela 13ª rodada. O time de Sampaoli é o líder isolado do Brasileirão com 24 pontos e um jogo a menos do que o Inter, segundo colocado.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!