Publicidade

Atlético jogará apenas 4 jogos em dezembro e precisa “secar” o São Paulo.

Postado em 02/12/2020 12:06

Em dezembro, o torcedor do Atlético verá o time em campo pelo menor número de vezes, em um mês completo, desde o começo da pandemia da Covid-19. Serão apenas quatro compromissos, todos pelo Campeonato Brasileiro. Em julho, a equipe fez somente duas partidas, mas o futebol foi retomado já na reta final daquele mês.

Com exceção do Fluminense, que também fará quatro partidas, os outros concorrentes pelas primeiras posições no Brasileirão terão um calendário bem mais apertado em dezembro, seja por jogos adiados do campeonato nacional ou por disputa de outras competições.

Advertisement

A agenda atleticana prevê o Internacional no próximo domingo, no primeiro confronto direto pelas posições mais nobres da tabela. Depois, o Galo, líder do Campeonato Brasileiro, com 42 pontos, terá Athletico-PR, São Paulo e Coritiba fechando dezembro.

É justamente o São Paulo, vice-líder do Brasileirão, com 41 pontos – e dois jogos a menos, o clube com o mês mais “agitado”. Estão previstos oito duelos para o Tricolor paulista, entre eles o duelo direto com o Galo.

A série do São Paulo tem Goiás (jogo adiado), Sport, Botafogo (partida adiada), Corinthians, Atlético-MG, Grêmio (jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil), Fluminense e novamente Grêmio (volta da Copa do Brasil).

  1. Atlético-MG (42 pontos): Inter, Athletico-PR, São Paulo e Coritiba;
  2. São Paulo (41 pontos): Goiás, Sport, Botafogo, Corinthians, Atlético, Fluminense, Grêmio;
  3. Flamengo (39 pontos): Racing, Botafogo, Santos, Bahia e Fortaleza;
  4. Internacional (37 pontos): Boca Juniors, Atlético, Boca Juniors, Botafogo, Palmeiras e Bahia;
  5. Palmeiras (37 pontos): Delfín, Santos, Bahia, Inter, América, Bragantino e América;
  6. Santos (37 pontos): LDU, Palmeiras, Flamengo, Vasco e Ceará;
  7. Grêmio (37 pontos): Guaraní, Vasco, Goiás, Sport, São Paulo, Atlético-GO, São Paulo;
  8. Fluminense (36 pontos): Athletico-PR, Vasco, Atlético-GO e São Paulo;

Desde que o futebol retomou, será o mês com menos jogos do Galo, desconsiderando julho, que teve partidas apenas na reta final.

Em agosto, o Atlético disputou nove jogos (quatro pelo Campeonato Mineiro, conquistado pelo clube, e cinco pelo Brasileirão). A partir de setembro, os compromissos foram apenas pelo campeonato nacional. Foram seis partidas em setembro, seis em outubro e outras seis em novembro.

O maior aproveitamento do Campeonato Brasileiro não é do líder. O São Paulo é que faz a melhor campanha, em termos de rendimento de pontos, até o momento. Por outro lado, a ponta da tabela segue sendo do Atlético, com 42 pontos. A vantagem é mínima para o vice Tricolor. E haverá um duelo daqui 20 dias, no Morumbi. Até lá, o São Paulo fará dois jogos a mais no Brasileiro, e com chances de “roubar” o posto do Galo já nesta quinta-feira, independentemente dos resultados da equipe de Jorge Sampaoli.

Por tanto, é inevitável que o Atlético “seque” o time comandado por Fernando Diniz e que soma nove jogos seguidos invicto no ano, vivendo o melhor momento da temporada e do trabalho do técnico. O São Paulo tem 21 jogos e 41 pontos (65%), contra os 42 pontos e 23 jogos do Galo (61%).

O duelo entre ambos é em 20 de dezembro, no Morumbi. Até lá, o Atlético fará apenas duas partidas – contra o Internacional, em casa, em 6 de dezembro, e depois perante o Athletico-PR, fora, em 12 de dezembro.

O São Paulo, por sua vez, chegará para encarar o Galo já tendo “pago” os dois jogos atrasados do 1º turno. Irá visitar o Goiás nesta quinta-feira, e, se vencer, vira o novo líder. Empate em Goiânia favorece o Galo, que tem duas vitórias a mais que o mais novo concorrente. Um detalhe importante: o Tricolor irá encarar o Grêmio na semifinal da Copa do Brasil logo após o duelo contra o Atlético (no dia 23/12) e fora de casa.

Além do São Paulo, há também a sombra do Flamengo na primeira colocação. A equipe de Rogério Ceni é a terceira colocada, com três pontos a menos que o Galo, e não atuou ainda pela 23ª rodada. Por causa do calendário apertado, o duelo contra o Grêmio, em Porto Alegre, foi adiado sem data definida.

Calendário do tricolor:

  • 3/12: Goiás (fora)
  • 6/12: Sport (casa)
  • 9/12: Botafogo (casa)
  • 13/12: Corinthians (fora)
  • 20/12: Atlético (casa)
  • 27/12: Fluminense (fora)

Calendário do Galo:

  • 6/12: Inter (casa)
  • 12/12: Athletico (fora)
  • 20/12: São Paulo (fora)
  • 27/17 Coritiba (casa)

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!