Publicidade

Atlético investe em Léo Sena

Postado em 14/05/2020 12:46

O Atlético avançou na negociação e o próximo passo é convencer o Goiás a liberar o volante Léo Sena. Tudo depende, entretanto, de uma queda na crise do novo coronavírus, capaz ao menos de apontar para os clubes uma data de retorno do futebol. A pandemia freou as tratativas, mas o Galo e o jogador de 24 anos estão alinhados para firmarem contrato futuramente.

O vínculo trabalhista a ser firmado entre as partes, em caso de negociação positivamente concluída para o time mineiro, será de cinco temporadas. Até a concretização da situação, por outro lado, é preciso paciência e passa por dois caminhos.

Léo Sena tem contrato com o Goiás até 31 de dezembro de 2020 (o que pode gerar discussões na Fifa por causa da Covid-19), e, em tese, teria possibilidade de firmar pré-contrato a partir de julho. O empresário do jogador, Ricardo Scheidt, já adiantou que o volante não irá renovar. Para o Goiás, então, restará tentar um bom acordo financeiro com o Galo, mas sem grande poder de barganha, já que pode perder Sena “de graça” em 2021.

O Atlético já liberou dois volantes do elenco de Jorge Sampaoli e tem carência na posição. Com contas apertadas, receitas limitadas, atrasos salariais, o Galo teria possibilidade de investir em Léo Sena com ajuda de investidores ou concretizando a saída dos seis atletas “fora dos planos”, o que liberaria espaço na folha salarial para novas chegadas.

“Léo Sena é um jogador interessante, volante que se encaixa bem em muitos times de grande porte no Brasil. Mas isso é assunto que é tratado diretamente de Alexandre. Não falo nunca de especulação. Só anunciou o atleta quando estamos com a tinta no papel. Ficar de especulação é com vocês. Não entro nisso não. O que de fato posso dizer é que temos” – disse o presidente Sette Câmara.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!