Publicidade

América vence o líder e volta ao G4.

Postado em 10/09/2020 22:08

BANNER FUTEBOL AGOSTO 2020

O América- voltou a vencer na Série B e retornou ao G-4. Após um revés para o então lanterna Sampaio Corrêa, no último sábado, o Coelho foi até Curitiba, derrotou o líder Paraná por 1 a 0 e igualou a pontuação do adversário, mas perdendo nos critérios de desempate. Para a comissão técnica do Coelho, o triunfo valorizou o trabalho coletivo que vem sendo feito no clube.

Mesmo não estando no comando da equipe na beira do campo, por conta da expulsão contra o Sampaio, Lisca fez questão de elogiar na entrevista coletiva os auxiliares Cauan de Almeida e Márcio Hahn. Em coletiva, o treinador americano ressaltou o trabalho em equipe que vem sendo feito no dia a dia do América e pôde ser demonstrado um pouco mais sem ele no banco de reservas.

“Foi um grande exemplo do trabalho em equipe que a gente vem desenvolvendo no América, com uma grande estrutura que eu encontrei desde que eu cheguei. O trabalho está realmente muito integrado, e a gente pôde mostrar a força do trabalho coletivo que existe dentro do América. Fizemos toda a preparação para o jogo em conjunto, o Cauan comandou na beira do campo e participou mais efetivamente da palestra também. Estamos bem satisfeitos com isso”.

Cauan de Almeida, que permaneceu por mais tempo na beira do gramado, comentou que o América sabia que não teria vida fácil nos dois jogos longe da capital mineira. Entretanto, o auxiliar disse que, mesmo com a derrota para o Sampaio, a confiança do time não diminuiu, e os atletas puderam demonstrar uma atitude positiva, que proporcionou a vitória para o Coelho.

“Sabíamos que o jogo do Sampaio nos causaria algumas dificuldades, principalmente pelo contexto, mas viemos para Curitiba sabendo o que nos representava esse jogo e fazendo exatamente o que precisaríamos para vencer o duelo. Foi exatamente isso que aconteceu. A mudança não é de atitude, muito pelo contrário, pois a atitude dos atletas diante do Sampaio foi excelente, mas sim o contexto que dificultou o nosso jogo. (Contra o Paraná) mantivemos nossa atitude, nossa postura, que é o que vai sempre nos proporcionar ficar mais próximos da vitória.

Agora, o foco do América passa a ser a Copa do Brasil. Na próxima quarta-feira, o Coelho vai até Campinas, onde enfrentará a Ponte Preta, pelo jogo de ida da quarta fase do torneio. Para o técnico Lisca, serão duelos bem complicados, mas o time entrará disposto a avançar em mais uma fase da competição.

“Serão dois jogos muito difíceis, mas a gente está muito concentrado, muito motivado para tentar superar a Ponte Preta e chegar entre os 16 principais clubes da Copa do Brasil. Agora é descansar bem e, a partir de sábado, preparar a nossa equipe”.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!