Publicidade

Além da liderança longe, Atlético perde Jair por tempo indeterminado.

Postado em 07/12/2020 13:25

Na véspera do duelo com o Internacional, Jair sofreu ruptura muscular na panturrilha esquerda. O volante do Atlético se lesionou no treino de sábado, o último antes da partida contra os gaúchos, neste domingo, pela 24ª rodada da Série A.

De acordo com a assessoria de imprensa do Galo, Jair está em tratamento da lesão e não tem previsão de ser liberado do departamento médico.

Na segunda-feira passada, o meio-campista havia se recuperado de Covid-19, depois de ficar 10 dias cumprindo isolamento. Nos primeiros dias de treinos, Jair chegou a fazer trabalhos à parte na academia. Ele se integrou ao grupo para atividades em campo na quarta-feira.

Além de Jair, estão fora contra o Internacional o zagueiro Junior Alonso e o atacante Savarino, que estão suspensos pelo terceiro cartão amarelo, o goleiro Rafael, que segue se recuperando de Covid-19, e o atacante Diego Tardelli, em tratamento de lesão.

Com a lesão, o time volta a encarar a carência de jogadores no elenco para a função de marcação no meio-campo. Enquanto Jair se recupera – não há previsão de retorno aos jogos, Jorge Sampaoli busca alternativas, que podem ir desde a improvisação de um meia até recorrer às categorias inferiores do Galo.

Atualmente, o Atlético tem apenas Allan como volante no grupo principal. Jogadores como Alan Franco, Nathan e Hyoran podem ser soluções paliativas. No empate com o Internacional, Sampaoli relacionou dois jovens volantes, Caio Ribas e Rubens. Foi a primeira vez deles com a equipe profissional.

“Estamos vendo (opções). Lamentavelmente, a lesão do Jair nos complicou muito. Alguns jogadores da base estamos avaliando. Buscaremos jogadores que têm condições de fazer essa posição até Jair se recuperar” – disse Sampaoli após o jogo com o Inter.

A escassez de volante no elenco não chega a ser uma surpresa no planejamento do técnico argentino. Desde que o clube emprestou Léo Sena e Gustavo Blanco, a diretoria se dispôs a tentar contratar peças para a função. Porém, Jorge Sampaoli descartou e preferiu manter a linha de valorizar um elenco enxuto.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!