UPA de Divinópolis recebe R$ 750 mil do governo do Estado para enfrentamento da dengue

Postado em 15/05/2019 19:07

As ações da Secretaria Estadual de Saúde (SES) começaram ainda no ano passado. Dados atualizados em 13 maio apontam 247.602 casos prováveis de dengue, ou seja, casos confirmados mais os suspeitos. Até o momento foram 38 mortes causas pela doença em Minas Gerais. Nos últimos meses, a Secretaria Estadual intensificou as ações na região.

O OBV é um inseticida utilizado nos carros fumacês, mas está em falta em todo o Brasil, segundo o Ministério da Saúde. Mesmo com a ausência do carro fumacê, a Secretaria de Saúde tem apostado na prevenção como melhor ferramenta. Em 2010, 2013 e 2016 ocorreram epidemias de dengue no estado. Neste ano, os números seguem em elevação. Uma das suspeitas diante dos casos crescentes de dengue está relacionada ao fator climático. As chuvas que, geralmente cessam em abril, persistem durante a estação conhecida por ser a mais seca.

O vírus da dengue predominante na região é o tipo dois. Em Divinópolis, no último boletim da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), pouco mais de 1500 notificações chegaram e dessas, pelo menos 500 deram positivo ao tipo dois da doença. Em Divinópolis, duas mortes por suspeita de dengue estão sendo investigadas.

Diante da situação de dengue na região, a secretaria estadual de saúde publicou duas resoluções, em abril, garantindo aporte financeiro de R$ 2,1 mi para sete UPA’s de municípios da região. A Unidade de Pronto Atendimento de Divinópolis recebeu R$ 750 mil para investir em ações de tratamento da doença.

 

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios