Sem planejamento pré-carnaval 2020 deve ficar na responsabilidade dos Blocos

Postado em 08/04/2019 7:50

A prefeitura não investiu nada no pré-carnaval. Esta afirmação foi confirmada pelo secretário de desenvolvimento econômico de Divinópolis durante a prestação de contas 2019. Todos os custos de realização do evento ficaram a cargo dos blocos. Até mesmo a limpeza das ruas.

De acordo com José Alonso Dias o prefeito Galileu Machado não queria realizar o evento em Divinópolis. A liberação só foi feita depois que os organizadores do Haja Amor e Bloco do Cleo assumiram a responsabilidade de todos os custos. A festa foi feita através de parcerias com a iniciativa privada.

A fala do secretário mostra que o município não tem interesse em fazer um planejamento para usar o pré-carnaval como fomento econômico. Com esta decisão Divinópolis vai na contramão de outros municípios do estado. Para se ter uma ideia Belo Horizonte é hoje a terceira cidade no ranking de arrecadação.

Segundo dados da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), o Carnaval 2019 movimentou R$ 6,78 bilhões. Os números representam alta de 2% na receita das atividades econômicas envolvendo os setores de serviços turísticos no país.

Ainda de acordo com o CNC os Estados do Rio de Janeiro (R$ 2,1 bilhões) e de São Paulo (R$ 1,9 bilhão) foram  responsáveis por 62% da movimentação financeira durante a folia, seguidos por Minas Gerais (R$ 615,5 milhões), Bahia (R$ 561,9 milhões), Ceará (R$ 320 milhões) e Pernambuco (R$ 217,6 milhões).

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com