Publicidade

Região norte e nordeste de Divinópolis está com alto índice de infestação do aedes aegypti

Postado em 16/01/2020 18:08

A Secretaria Municipal de Saúde divulgou, na quarta-feira (15) o resultado do Levantamento de Índice Rápido do Aedes Aegypt (Liraa).

De acordo com o relatório, apresentado pela secretaria foram visitados 4.835 imóveis, de 6 a 10 de janeiro. Esses locais apresentaram 8% de risco de infestação. Segundo o levantamento, o percentual deixa o município com alto risco de infestação. 92% dos focos estão nas residências e 8% nos lotes vagos.

Em relação aos tipos de recipientes que acumulam água e onde foram encontrados focos, estão os passíveis de remoção, como baldes, garrafas, pneus, entre outros, com 38%; os depósitos móveis, como pratos e vasos de plantas, têm 29% dos focos; os locais de armazenamento de água, como tanques e caixas d’água, 12%; e os depósitos, como ralos, caixas de passagem e fonte ornamental, apresentaram 20% de focos encontrados.

A região nordeste tem 10,7% de risco de infestação; norte, 10,5%; sudeste, 8,4%; central, 7,8%; sudoeste, 6,4 % e oeste 5,4, com risco alto de infestação. O último Liraa realizado em 2019 apontava índice de 2,4% e o município estava em situação de alerta. Agora a situação preocupa.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!