Promotores de eventos usam congresso brasileiro para debater reivindicações da categoria

Postado em 29/11/2018 10:00

O atual momento econômico e político do país têm obrigado todos os setores a mudarem as estratégias e fazerem novos planejamentos. Um deles deu um passo importante nesta semana. Belo Horizonte sediou o III Congresso Brasileiro dos Promotores de Eventos. O que mostra a importância desta área na economia, já que o setor de eventos é responsável por grande parte do PIB brasileiro.

A proposta do encontro promovido pela Associação Brasileira dos Promotores de Eventos era debater assuntos da área, e fomentar o intercâmbio e a troca de ideias entre diversos organizadores e produtores de todo o país. Direcionado a todos os profissionais que atuam na cadeia de eventos, o congresso contou com grandes nomes da cultura e do entretenimento, como Thedy Corrêa, da banda Nenhum de Nós, que falou sobre o impacto da música na vida das pessoas e a trajetória do grupo, no mercado desde 1986 sem interrupções.

O Congresso foi palco também de discussões importantes como a polêmica forma de cobrança do ECAD, a tão discutida Meia Entrada, a Lei Rouanet e o Vale Cultura, além de questões técnicas como planejamento tributário, redes sociais, gestão de carreiras, vendas, mídias, arquitetura de eventos e tecnologias no setor.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Real Time Web Analytics