Publicidade

Prefeitura não faz transferência de terreno e verba para encabeçamento de viaduto volta para caixa do estado

Postado em 02/03/2021 10:22

O recurso destinado ao encabeçamento do viaduto no Complexo da Ferradura está de novo no caixa do estado. Segundo o vereador Josafa Anderson que acompanha o andamento das obras, a falta do cumprimento de etapas burocráticas gerou o resgate do dinheiro empenhado para execução do projeto. O Departamento de Estradas de Rodagem agora cobra do município um posicionamento para dar sequência ao trabalho na MG 050.

O recurso de 2 milhões para encabeçamento do viaduto no Complexo da Ferradura faz parte de uma contrapartida na duplicação da MG 050. O município passou parte de um terreno no Lagoa dos Mandarins para o estado, e o governo de Minas fez a liberação da verba para realização da obra. Além do encabeçamento do viaduto, está prevista a pavimentação da Rua Maria Pinto e a melhoria da drenagem pluvial na Avenida JK.

De acordo com o vereador Josafa o município não fez a transferência do terreno para o estado, e nem o desaruamento de algumas vias no bairro Lagoa dos Mandarins. No local passará o novo trajeto da rodovia. O projeto de desaruamento precisa ser enviado pela prefeitura para Câmara Municipal. Como as duas ações não foram realizadas o estado fez o resgate do dinheiro que estava depositado no caixa da prefeitura de Divinópolis.  

Advertisement

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!