Prefeitura alega não ter para onde levar trabalhadores do camelódromo

Postado em 08/10/2019 19:20

Na tarde de hoje, a Prefeitura de Divinópolis concedeu um coletiva de imprensa explicando os motivos para a retirada dos trabalhadores do quarteirão fechado da rua São Paulo. O município justificou que a licença de funcionamento estava vencida.

O anúncio de que o camelódromo de Divinópolis está com os dias contados foi oficializado na tarde desta terça-feira (08) pelo procurador geral do município. Segundo a prefeitura, a licença de funcionamento está vencida.

Outro ponto levantado pelo município seria o possível comércio de substâncias ilícitas no local. O município esclareceu que pretende seguir a lei federal de mobilidade urbana, mas ainda há um estudo junto com a secretaria de trânsito e transportes para saber se haverá fluxo de veículos e pedestres.

O município destacou que já vinha conversando com trabalhadores. São mais de 40 pessoas registradas trabalhando aqui. O município disse que não tem condições de providenciar um espaço para os trabalhadores.

A data limite para desocupação da área onde hoje funciona o camelódromo seria até dia primeiro de dezembro. Por outro lado, o município também não descartou a possibilidade de usar força policial para retirar os trabalhadores.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com