Publicidade

Prefeito vai sancionar o projeto que proíbe a “linguagem neutra” nas escolas afirma vereador

Postado em 21/09/2021 10:45

O projeto que proíbe a “linguagem neutra” nas instituições de ensino será sancionado pelo prefeito Gleidson Azevedo (PSC). A afirmação foi feita pelo vereador Eduardo Azevedo (PSC), durante entrevista ao programa Bom Dia Divinópolis. De acordo com o parlamentar o chefe do executivo já garantiu a formalização da lei em apoio a proposta aprovada pela Câmara.

O Projeto de Lei do vereador Eduardo garante aos estudantes do município de Divinópolis o direito ao aprendizado da língua portuguesa de acordo com as normas e orientações legais de ensino. Segundo a justificativa do parlamentar a proposta proíbe o uso da popular “linguagem neutra”. A matéria enfatiza que a linguagem neutra é uma ramificação da ideologia de gênero.

A linguagem também conhecida como “não binária” e inclusiva visa substituir amigo ou amiga por amigx, amigue, por exemplo. É uma forma de neutralizar as palavras para quem não se identifica como homem ou mulher. A proposta aprovada por 14 votos favoráveis e um contrário proíbe as expressões na grade curricular e no material didático das instituições. O plenário estava cheio, no dia da discussão.

Advertisement

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade