Publicidade

População será sorteada em Divinópolis para participar de testes que detectam o coronavírus

Postado em 25/09/2020 17:51

É no laboratório que a UFSJ campus Divinópolis faz a análise de materiais para diagnóstico da Covid-19. Utilizando o método PT-PCR, as amostras são coletadas por meio dos swabs, um tipo de cotonete inserido no nariz que retira secreções da faringe. Esse exame é considerado o mais eficaz para descobrir o coronavírus ainda ativo no corpo.

São realizados, por dia, uma média de 60 exames. Trabalham no laboratório da UFSJ professores, técnicos administrativos e alunos de mestrado e doutorado, que se revezam em dois turnos. O resultado do exame costuma ser divulgado em até dois dias.

Foi feito um sorteio com cerca de 210 mil pessoas cadastradas no Sistema Integrado de Saúde, o SIS. Desse total 700 pessoas foram sorteadas. Os entrevistadores vão coletar dois materiais para analise dos testes. Um será para saber se a população já foi contaminada e outro para saber se o vírus está ativo no corpo.

A parceria da secretaria municipal de saúde com a UFSJ deve avaliar a evolução da doença em Divinópolis e auxiliar em medidas de enfrentamento à pandemia e também sobre a prevalência do vírus.

A Marcela faz parte da equipe que irá visitar as residências para coletar os testes. A cidade foi divida em regiões para facilitar o trabalho. 

Os dois testes, tanto o do PCR quanto o teste sorológico serão realizados na população sorteada pra trazer dados mais precisos sobre a doença no município.

 

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!