Ponte do Danilo Passos apresenta risco para pedestres devido a rachaduras no concreto

Postado em 23/04/2019 7:50

Dando sequência à série de reportagens que aborda a situação das pontes e dos viadutos você terá a oportunidade de ver como está a ponte que liga o Danilo Passos ao bairro Bom Pastor. Assim como nas demais, que nós já vimos ela também precisa de intervenções e manutenção.

A ponte Fábio Botelho Notini foi construída em 1990 na gestão do atual prefeito, Galileu Machado. A placa, já desgastada pelo tempo, mostra que a ponte suporta até 45 toneladas. O trânsito de veículos é constante, principalmente de carga e transporte de passageiros.

Segundo o especialista esta ponte já segue algumas normas, como o guarda-corpo, para os pedestres e guarda-rodas, pra evitar que veículos colidam diretamente com a mureta da ponte. O asfalto aqui serve como uma camada extra de proteção para a ponte, mas em alguns pontos dá pra ver a laje de concreto da estrutura.

Se em cima da ponte já existem rachaduras na pista, em baixo, há infiltrações. Diferente das outras pontes a do Danilo Passos foi construída no sistema de vigas. De acordo com o engenheiro, o aparelho de apoio parece ter sido trocado recentemente. O que não pode ter é infiltração na laje de transição.

As ferragens são facilmente observadas na parte de baixo. A ausência de manutenção nas pontes também mostra outra fragilidade, que se transforma em problema social. Pessoas moram embaixo da ponte e inclusive ateiam fogo, o que pode comprometer ainda mais a estrutura.

De volta à parte de cima da ponte, e são encontrados novos problemas. Agora a falta de acessibilidade. Em uma caixa para passagem de fios as ferragens estão expostas, prejudicando e colocando em risco os pedestres. Uma situação de risco que requer atenção.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com