Publicidade

Pacientes transferidos para Divinópolis podem estar infectados com nova variante do vírus

Postado em 16/02/2021 9:44

A cidade de Coromandel está em calamidade pública. O decreto foi publicado pelo prefeito Fernando Breno Valadares Vieira na última quinta-feira, 11. O município da região do Alto Paranaíba vive um caos por causa da COVID-19. A falta de leitos no Hospital de Campanha tem provocado a necessidade de transferência de pacientes, só a cidade de Divinópolis recebeu 11 pacientes da região.

Desde o início do mês, mais de 30 pacientes internados na cidade precisaram ser transferidos para municípios do Alto Paranaíba, Centro-Oeste e Norte de Minas. Os pacientes trazidos para Divinópolis foram transportados em aeronaves com a coordenação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

A Secretaria de Saúde de Coromandel  informou que, pelo menos 16 pessoas ainda aguardam vagas para transferência via SUS Fácil. Ao todo, 22 pacientes estão internados, sendo que a cidade conta somente com 19 enfermarias e quatro para tratamento semi-intensivo. O secretário de Saúde, Guilherme Ricardo de Assis Ferreira, afirmou que a cidade passa por um surto da doença.

Advertisement

Ele também explicou que chama a atenção o ciclo do vírus, que tem apresentado mudanças. Segundo ele quando chega no fim do ciclo no oitavo ou nono dia os casos de saúde estão se agravando ao invés de apresentar melhora. A secretaria já começa a suspeitar da ação na nova variante do vírus. Amostras do vírus estão sendo coletadas e enviadas para a Fundação Ezequiel Dias (Funed), em Belo Horizonte. Especialistas afirmam que a nova variante tem um poder de contaminação mais forte. Veja a entrevista.

 

 

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!