Opinião: Interesses políticos dos deputados vão impedir aprovação da PEC do Pacto Federativo

Postado em 11/11/2019 10:19

A polêmica proposta de extinção dos municípios com menos de 5 mil habitantes já gera repercussão política. A justificativa é para aumentar a receita das cidades dentro do Pacto Federativo, mas a opção diminuiu os colégios eleitorais dos deputados. Esta situação pode ser a primeira resistência que a PEC vai enfrentar.

Durante participação no programa Bom Dia Divinópolis da Minas FM o economista Luiz Ângelo falou sobre a medida. A ideia do governo é extinguir as cidades que tem uma receita própria inferior a 10% do total de despesas. Economicamente a medida é extremamente viável, porém é a questão política que deve interferir. Dados mostram que estes locais são muito importantes para os deputados que hoje ocupam o Congresso e a Assembleia.

A proposta poderá afetar cerca 1.254 municípios. Só em Minas Gerais serão mais de 240 cidades extintas. Os dados apresentados pelo economista trazem informações importantes. Aproximadamente 95% dos municípios foram emancipados na década de 90. Para execução de obras e projetos eles são totalmente dependentes das emendas parlamentares. A visibilidade e a janela política são atrativas para os deputados e pode ser um empecilho para aprovação da PEC.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: Este conteúdo é protegido!