Opinião: Falta de conhecimento e empenho fez Divinópolis perder o projeto “Cidade Tecnológica”

Postado em 04/11/2019 10:58

O projeto da Cidade Tecnológica em Divinópolis foi elaborado no ano de 2012, mas nem chegou a ser protocolado. A proposta era ousada. A construção de uma verdadeira cidade inteligente fomentou economicamente a região. A ideia era reunir no mesmo espaço, serviço, indústria, comercio e área residencial. A proposta do investidor era de doar as instituições de ensino UFSJ, UEMG e CEFET o terreno para construção do projeto.

Durante entrevista ao programa Bom Dia Divinópolis da Minas FM o cientista político Jose Elísio disse porque a Cidade Tecnológica não saiu do papel. Ele elencou três erros para que a Cidade Inteligente não desse certo. O primeiro deles foi a demora para criar a legislação de zona urbana especial. Só era possível fazer a ação se o imóvel no Choro passasse a ter esta nomenclatura. A nova lei demorou 02 anos para caminhar.

Já o segundo ponto elencado como empecilho foi à parte de investimento. O dono do empreendimento tentou levantar o capital e teve dificuldades para viabilizar o negócio. E por último e mais importante motivo para falência do projeto foi a falta de vontade e desconhecimento do poder público. O município entendendo que o projeto era uma proposta de especulação imobiliária fez a exigência que parte do empreendimento estivesse construído para aprovar a Cidade Tecnológica.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com