Publicidade

Opinião: Divinópolis tem queda na geração de emprego e precisa fazer dever de casa para aproveitar a previsão de crescimento deste ano

Postado em 27/01/2020 11:13

Os dados apresentados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério do Trabalho trouxeram números positivos em 2019. O crescimento no Brasil foi 1,5%. O país gerou mais de 640 mil postos de trabalho formais no ano passado. Minas Gerais também fechou o ano positivo. Foram criadas no estado mais de 97 mil vagas de trabalho. Minas foi o segundo estado que mais gerou empregos em 2019.

Apesar de todos estes números positivos, a cidade de Divinópolis não conseguiu acompanhar o Brasil e o estado. A cidade fechou o ano de 2019 com a perda de 235 vagas de emprego. A Indústria e a Construção Civil foram os setores que apresentaram o pior desempenho. A indústria perdeu 248 vagas e a construção 234. Já o setor de serviços foi o que mais cresceu. O percentual de acréscimo na geração de empregos foi de 1,5%.

Em entrevista ao programa Bom Dia Divinópolis da Rádio Minas FM o economista Luiz Ângelo fez uma analise dos números. Segundo ele o país tem uma projeção de crescimento para 2020. O FMI fala em alta de 2,5% na economia, mas para aproveitar este crescimento Divinópolis tem de fazer o dever de casa. Algumas regiões tem aproveitado melhor o desempenho do Brasil. Ações de desburocratização e atratividade são alguns pontos que podem fazer a diferença.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!