Má remuneração é apontada por vereador como saída de profissionais do “Mais Médicos” em Divinópolis

Postado em 07/03/2019 16:07

O desligamento dos profissionais do programa “Mais Médicos” foi alvo de criticas na reunião ordinária desta quinta-feira, 07. O vereador Delano Santiago que também é servidor público disse que a má remuneração é o motivo para evasão registrada em Divinópolis.

Durante o discurso o parlamentar mostrou o contracheque para justificar sua fala. Segundo o vereador foi necessário mais de 10 anos de trabalho para o salário atingir o teto de R$ 3.600,00 reais. Ainda segundo o vereador o teto do Governo Federal é de R$ 13.800,00 reais, portanto mais atrativo que Divinópolis.

Dos 18 médicos que chegaram na cidade em dezembro de 2018 para substituir os médicos cubanos do programa “Mais Médicos”, do Governo Federal, oito deixaram os postos de trabalho na cidade. Apesar dos profissionais terem sido aprovados nas provas de residência eles optaram pela saída do programa.

Por meio de nota, o município afirmou que entrou em contato com o setor responsável pelo programa no Governo Federal e solicitou a reposição dos profissionais que deixaram o serviço na cidade, mas o órgão não divulgou a previsão de uma data.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com