Publicidade

Lixo ainda continua acumulado pela cidade e o descarte irregular preocupa

Postado em 03/01/2019 17:51

Já tem mais de 15 dias que Divinópolis enfrenta problemas com a coleta do lixo. A prefeitura até que fez um mutirão pra reduzir a quantidade de resíduos pelas ruas, mas não é difícil encontrar lixo e mais lixo acumulado nos bairros. E a preocupação é maior com pessoas que descartam os produtos de forma equivocada.

Na entrada do aterro controlado de Divinópolis a quantidade de lixo é grande. Muitos moradores levaram o lixo acumulado ao longo de dias. E a situação não é muito diferente alguns metros acima. Um verdadeiro bota fora foi montado. E com todo tipo de material descartado. Até mesmo materiais que acumulam água estão no local. Às margens  da AMG- 0345, que liga Divinópolis a Carmo do Cajuru, muito lixo espalhado. Mas a situação nos bairros ainda é precária. Na rua Lavínia Fonseca, no bairro Dona Rosa, tem lixo amontoado em praticamente todos os quarteirões.

Os moradores contaram à nossa equipe que animais e insetos indesejáveis, como ratos e baratas já estão ‘visitando’ as casas. O que traz  um tremendo desconforto.

Praticamente vizinhos, outro bairro, que também faz referência às rosas, não tem sentido o suave perfume da flor. No lugar, o mal cheiro é tanto que preocupa os comerciantes. No bairro Santa Rosa, algo que tornou comum na cidade são as rotatórias de lixo. Há três meses, a Thaís trabalha em uma padaria na rua Bolívia, que fica praticamente na esquina, próxima à rotatória. Segundo ela, a quantidade  de moscas tem virado um verdadeiro tormento pra quem trabalha e frequenta a padaria. Inclusive , ela já viu isentos saindo do lixo e indo em direção ao comércio.

A Thaís se queixa ainda que o mal cheiro gerado pelo lixo vem causando impacto das vendas da padaria. Esse dilema envolvendo a coleta de lixo começou na segunda semana de dezembro. Os funcionários estavam sem receber salários e por isso paralisaram as atividades.

O prefeito de Divinópolis, Galileu Machado já decretou a suspensão do contrato  com Arbor e que a segunda empresa vencedora da primeira licitação seria contratada. O anúncio foi feito no último dia do ano.

 

PREFEITURA CONFIRMA QUE NOVA EMPRESA ASSUMIRÁ O SERVIÇO EM DIVINÓPOLIS

Em nota encaminhada à imprensa, a Prefeitura de Divinópolis rescindiu o contrato com a Arbor Serviços e Manutenção. O extrato do termo foi publicado nesta quinta-feira (03/01) no Diário Oficial dos Municípios. A Biostec Construções e Soluções Ambientais assume o serviço da coleta de lixo na cidade.

A rescisão unilateral se refere ao Contrato 007/2016 do Processo Licitatório nº 062/2015 para contratação de uma empresa especializada na coleta e no transporte de resíduos domiciliares, comerciais e de varrição na zona urbana e rural.

A Prefeitura de Divinópolis rescinde o contrato com a Arbor depois de várias tentativas de regularizar a coleta. No último encontro, em 20 de dezembro, representantes da empresa justificaram as dificuldades de execução do contrato. O representante da Arbor firmou o compromisso de plano de tarefas pré-estabelecidas para a coleta do lixo ser restabelecida. A Gerência de Manutenção Urbana da Secretaria Municipal de Operações Urbanas fiscalizou e acompanhou a execução dos serviços da prestadora; no entanto, o serviço de coleta não atendeu ao acordado.

A nova empresa assume o serviço para normalizar a coleta nos próximos dias.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!