Publicidade

Internações por Covid registram queda em Divinópolis e percentual de ocupação é de 31%

Postado em 12/08/2021 15:26

Uma das grandes dificuldades enfrentadas pelos órgãos de saúde nessa pandemia foi oferta de leitos para tratar pacientes com a Covid. Só na UPA de Divinópolis, nos dias mais intensos, a unidade ultrapassou 300 % de ocupação. Levando em conta os dias mais ‘tranquilos’, a Prefeitura de Divinópolis disse que aguarda a decisão da secretaria de estado de saúde para desmobilizar o hospital de campanha.

Depois de enfrentar dias críticos na ocupação hospitalar, a situação em Divinópolis, aos poucos vai se tornando mais estável. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, a ocupação das UTI’s está em 42 % e as enfermarias em 31 % levando em consideração, também, a saúde suplementar.

Para enfrentar a pandemia foi preciso construir no município um hospital de campanha ao lado da UPA para tratar os pacientes contaminados a Covid-19. Treze dos 30 leitos estão ocupados. As enfermarias estão com 50% de ocupação, dos 32 leitos, 16 estão com pacientes. Um dos motivos para esta redução é o cumprimento do isolamento social e a chegada de vacinas.

Advertisement

Ainda sobre a ocupação hospitalar, na área SUS do complexo de saúde São João de Deus, dos 20 leitos, oito estão ocupados. Na enfermaria são 30 leitos e 12 com pacientes. Já na saúde suplementar o hospital Santa Mônica está com o cinco leitos ocupados. O São Judas Tadeu tem apenas um leito de UTI disponível e dos 19 leitos enfermaria, cinco atendem pacientes. Embora o governo do estado tenha iniciado a desmobilização de leitos em algumas regiões, não há previsão de mudanças no hospital de campanha de Divinópolis.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!