Publicidade

Governo de Minas apresenta plano para aumentar leitos, Divinópolis está entre as cidades avaliadas

Postado em 24/03/2020 17:25

O estado inicia o trabalho para aumentar o número de leitos em Minas Gerais. Na capital o governo pretende usar o Expominas para montar uma estrutura emergencial. Será usado um galpão de 18 metros quadrados para montar um hospital com 800 leitos. Se tiver necessidade outro salão ainda poderá ser utilizado para construção de mais 100 leitos.

Segundo o governador Romeu Zema, o projeto será desenvolvido em parceria com a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais. A FIEMG vai reverter os recursos que seriam usados para realização de feiras, na construção da unidade hospitalar. Além do uso do Expominas o governo estadual ainda estuda a ampliação de leitos em outras unidades.

Durante a coletiva, Zema citou o Hospital Mario Pena em Belo Horizonte. O Hospital tem uma ala desativada. O espaço pode ser utilizado para ampliação de leitos. O mesmo trabalho é realizado no interior de Minas. A Secretaria de Estado de Saúde tem feito contato com os hospitais, e vistoriado possíveis pontos de aberturas de novos leitos com apoio da Policia Militar. Essa avaliação está sendo feita em várias cidades como Uberlândia, Barbacena e Divinópolis.

Com esta ação Minas Gerais pretende criar próximo de 1700 leitos com capacidade de Terapia Intensiva. O último boletim divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde aponta 11.832 casos suspeitos de coronavirus em Minas Gerais. O estado já tem 130 casos confirmados. Até o momento nenhum óbito por causa da doença foi confirmado.

Na coletiva o governador ainda enfatizou os impactos financeiros da pandemia de coronavirus. O governador citou a linha de crédito disponibilizada pelo BDMG. O recurso será destinado para as empresas ligadas ao setor do turismo. O setor assim como outros, tem contabilizado diversos prejuízos ao longo deste período de restrição.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!