Publicidade

Estudo da FIEMG mostra que impactos da pandemia na indústria foram menores em junho

Postado em 24/07/2020 10:47

A Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais divulgou nesta quinta-feira, 23, a Sondagem Industrial de Minas Gerais de junho, que mostra que as empresas foram menos afetadas pela pandemia do novo coronavírus. Os impactos negativos da crise diminuíram nos últimos dois meses, após a queda histórica da atividade ocorrida em abril.

No que se refere à evolução da produção, o indicador voltou a apontar aumento, e atingiu o nível mais elevado do ano. O índice de emprego também apresentou melhora, embora tenha permanecido abaixo dos 50 pontos, sinalizando queda do número de empregados.

Os estoques de produtos finais recuaram e terminaram junho abaixo do planejado pelas empresas, o que sinaliza que a demanda foi superior ao que era esperado. Os indicadores financeiros do segundo trimestre revelaram que os industriais continuam insatisfeitos com a margem de lucro e com a situação financeira de seus negócios, e que as empresas tiveram maior dificuldade para conseguirem crédito.

Os empresários reavaliaram suas expectativas para os próximos seis meses: voltaram a projetar aumento da demanda, das compras de matérias-primas e do número de empregados no curto prazo. As intenções de investimento cresceram pelo terceiro mês seguido, após recuo recorde em abril.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!