Defesa das vítimas apresenta relatório de depoimentos dos donos da construtora RBH

Postado em 06/11/2019 18:26

Já se passou mais de um ano e até hoje, dezenas de pessoas lesadas pela construtora RBH não tiveram nenhum retorno. Péricles Hazana Marques Júnior, Sandra Mara de Oliveira Barros e o filho do casal, Rafael Marques estiveram ontem no Fórum de Divinópolis para prestar depoimento. Eles não tiveram contato com a imprensa e adentraram na unidade por uma porta alternativa.

Os responsáveis pela construtora RBH são investigados por arrecadar valores e imóveis de pelo menos 40 vítimas, totalizando um prejuízo total de quase 80 milhões de reais. Eles deveriam entregar três edifícios, Londres, Paris e Lisboa, mas simplesmente desapareceram com o dinheiro dos compradores.

Além do trio foram ouvidas no Fórum, duas mulheres, supostamente apontadas como laranjas no caso de estelionato. Uma advogada havia adquirido um imóvel em um dos edifícios. Ela defende ainda mais três pessoas. Só o prejuízo deles chega um milhão e quatrocentos mil reais.

Périciles e Sandra foram presos em Itajaí, no estado de Santa Catarina em setembro do ano passado. Assim que chegaram na sede do sétimo departamento de polícia, os suspeitos se posicionaram. Naquela ocasião, muitas vítimas aguardavam a saída dos responsáveis.

No ano passado, a família chegou a ficar presa por três meses, mas foram libertados depois de cada um pagar R$ 35 mil de fiança. Hoje a família vive em Itajaí, mesma cidade que  foram presos os três. Agora o Ministério Público definirá quais acusações os envolvidos podem responder. Quem foi lesado pela construtora espera que a justiça seja feita.

 

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com