Decreto da prefeitura estipula uso do Hospital Público como unidade clinica do coronavirus

Postado em 19/03/2020 17:57

No decreto publicado pela prefeitura de Divinópolis nesta quinta-feira, 19 o município indica que vai usar o Hospital Público caso seja necessário. A proposta do governo é montar leitos de isolamento de casos suspeitos de coronavirus em situações futuras. A obra que iniciou em 2010 permanece sem ser finalizada.

O prefeito de Divinópolis Galileu Machado usou as redes sociais para comunicar esta decisão ao governador de Minas Gerais Romeu Zema. Desde o início da pandemia começou em Divinópolis um movimento cobrando do estado a finalização do hospital público. De acordo com o próprio governo 80% do hospital já está pronto.

Se for feito aporte de recursos para terminar parcialmente o espaço, será possível colocar em funcionamento de imediato 30 leitos de UTI. A grande a preocupação dos órgãos de saúde é quanto a falta de leitos para atender os pacientes de coronavirus. A proposta das medidas preventivas é justamente diminuir a curva de incidência da doença, evitando a contaminação em massa.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
error: Este conteúdo é protegido!