Publicidade

CPI instaurada para apurar irregularidades na UPA começa os trabalhos nesta semana

Postado em 15/02/2021 11:00

A Comissão Parlamentar de Inquérito criada para apurar possíveis irregularidades na Unidade de Pronto Atendimento começa os trabalhos nesta semana.  A proposta foi apresentada pelo vereador Eduardo Azevedo (PSC) e aprovada pelos 17 parlamentares em votação no plenário. A CPI foi criada após o vereador apresentar um denuncia no plenário.

A denuncia fala sobre a permanência de parentes dos envolvidos na operação da Policia Federal no setor de Recursos Humanos da unidade. Em dezembro de 2020, a Polícia Federal cumpriu quatro mandados de prisão e 26 de busca e apreensão em Divinópolis, e outras sete cidades de Minas Gerais, em uma operação contra desvio de recursos na área da Saúde, especialmente no período de pandemia.

Somente um dos contratos investigados ultrapassa a cifra de R$ 100 milhões, incluindo aditivos. A CPI que vai apurar as denuncias foi nomeada pelo presidente da Casa, Eduardo Print Junior. Os parlamentares responsáveis pela investigação são: Eduardo Azevedo como membro, Rodyson do Zé Milton (PV) como presidente e Hilton de Aguiar (MDB) como relator.

Advertisement

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!