Consumidor lesado por cobrança indevida do Magazine Luiza pode fazer representação no PROCON de Divinópolis

Postado em 10/03/2020 14:15

A população deve procurar o seu direito. Esta é a principal orientação feita pelo PROCON de Divinópolis em relação ao caso Magazine Luiza. A empresa foi multada pela justiça por causa de cobranças indevidas no cartão de crédito da loja. A ação foi movida pelo Ministério Público. Foi estipulada uma multa no valor de mais de R$10 milhões.

A cobrança indevida de seguros e produtos não solicitados por consumidores, nas faturas dos cartões de crédito contratados na loja; é uma situação infelizmente comum por parte do mercado varejista. Segundo o gerente do Procon de Divinópolis, Ulisses Damas Couto, o consumidor deve ficar atento. Caso observe essa irregularidade a dica é fazer a representação administrativa.

Ele afirmou que existem muitas reclamações desse tipo. O primeiro passo do consumidor é procurar a empresa e pedir o cancelamento e o ressarcimento, se a solicitação não for atendida o PROCON pode fazer a representação contra o estabelecimento. Este tipo de procedimento pode obrigar a loja a fazer a devolução dos valores cobrados indevidos. Em alguns casos a medida prevê até o dobro do ressarcimento.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: Este conteúdo é protegido!