Publicidade

Comandante explica como investimentos no aeroporto podem colocar Divinópolis como referência

Postado em 28/11/2019 18:20

Divinópolis pode seguir o exemplo de cidades como Judiai e Campinas e se transformar em referência na aviação. Esta foi à frase usada pelo Comandante Luis Felipe para descrever o potencial da cidade. A proximidade com a capital mineira Belo Horizonte é um dos pontos positivos colocados pelos especialistas. Mas para isso é preciso que o Aeroporto Brigadeiro Cabral receba investimentos.

A empresa Azul que pretende voltar a operar em Divinópolis defende a implantação do pouso por instrumento no aeroporto. Além da empresa voltar a operar na cidade, o novo sistema vai permitir o município ganhar destaque no setor da aviação, o que pode contribuir para o desenvolvimento e a geração de emprego e renda com a chegada de novas empresas.

O RNAV – Rotas de Navegação Aérea de voo por instrumentos é utilizado em outros aeroportos pelo Brasil, inclusive de cidade menores que Divinópolis. Araxá é uma delas. O pouso é um dos momentos mais delicados da operação aérea, é quando mais se exige capacidade do piloto e da aeronave. Hoje em Divinópolis ele é feito por aproximação, ou seja, o piloto precisa estar vendo a pista para descer. Em dias nublados ou com chuva a situação fica muito complicada.

Advertisement

Em uma entrevista no programa Espaço Aberto da TV Candides o comandante explica como é o funcionamento do equipamento. Na oportunidade ele também defende os benefícios que a cidade terá com aplicação destes recursos no aeroporto.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!