Publicidade

Atrasos no repasse do Estado para Divinópolis ultrapassa R$ 100 milhões e prefeito busca diálogo com governador

Postado em 05/01/2019 17:27

Controlar as finanças públicas depois de um ano com atraso dos repasses do governo do Estado. Tal situação é enfrentada por Divinópolis e outros municípios. O prefeito de Divinópolis informou ter reunido com o governador Romeu Zema afim de buscar equilíbrio nas contas do estado.

Divinópolis fechou o ano de 2018 com um valor a receber do governo do estado, superior a R$ 100 milhões. Numa estimativa feita pela Secretaria Municipal da Fazenda, somente na área da saúde, o estado deveria ter repassado à cidade a quantia de R$ 72 milhões. Em relação ao fundo de manutenção e desenvolvimento da educação básica e de valorização dos profissionais da educação, o Fundeb, a dívida estava em R$ 18,4 milhões. O município também deveria receber R$ 10,1 milhões referentes ao imposto sobre circulação de mercadorias e serviços, o ICMS. Com relação ao valores do transporte escolar e o piso mineiro da assistência social, o montante correspondia a R$ 756 mil.

Será necessário certo para que todos os repasses sejam normalizados nos diversos municípios mineiros atingidos pela crise. Durante a cerimônia de posse de Romeu Zema, em Primeiro de Janeiro, o governador disse existir um déficit no caixa geral do Estado.  

Em Divinópolis a situação ficou precária quando houve atraso no pagamento do salários de professores e de outros membros do funcionalismo público. O prefeito Galileu Machado informou ter se encontrado com o governador afim de buscar equilíbrio nas contas públicas.

 

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!