Publicidade

Aeroporto de Divinópolis cumpre papel importante de apoio à equipe do MG Transplante

Postado em 20/11/2019 7:50

“Durante o processo que iniciou por volta das 15 horas, foram captados coração, fígado, rins, pâncreas e córneas, que seguiram para Belo Horizonte onde seriam realizados os transplantes”. Este foi o relato de trabalho de coleta realizado pela equipe do MG Transplantes em agosto de 2019 no complexo de saúde São João de Deus, mas este tipo de procedimento é mais comum do que se pensa.

O dados da Associação Brasileira de Transplante de Órgãos (ABTO) mostram que este tipo de procedimento tem subido de forma positiva. Em 2018 foram 24.958 transplantes realizados no Brasil, só em Minas Gerais foram 1939 procedimentos. Já de janeiro a agosto deste ano, foram realizados 1.497 transplantes de órgãos e tecidos em Minas.

A cidade de Divinópolis tem contribuído para estes números. Nos primeiros 09 meses do ano foram registrados 11 doadores de múltiplos órgãos no complexo de saúde São João de Deus. Órgãos como coração, pulmões, fígado, pâncreas e rins devem ser removidos antes da parada cardíaca, e o período de preservação para ser transplantado pode variar de 4 a 36 horas.  E é ai que entra a importância de um transporte eficiente.

Advertisement

O aeroporto Brigadeiro Cabral tem um papel essencial neste processo de captação de órgãos. Ele é usado como uma base pela equipe do MG transplante para captação de órgãos em Divinópolis e na região. O espaço estando apto a operar proporciona o salvamento de muitas vidas. Esta importância social reforça mais uma vez a necessidade de aportar recursos e investimentos para transformar o aeroporto em referência no Centro-Oeste de Minas Gerais.

 
 

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!