Toquinho comemora 50 anos de carreira com lançamento

Postado em 28/11/2018 7:45

Um dos grandes artistas da música nacional, Toquinho comemora seus 50 anos de carreira com o lançamento de um CD e DVD gravados ao vivo. O registro foi feito durante um show especial no Teatro WTC (São Paulo), em março de 2016, produzido pela Circuito Musical. Nele estão os maiores sucessos do instrumentista, cantor e compositor. Toquinho – 50 Anos de Carreira (Ao Vivo) já está disponível nas plataformas digitais e chega às lojas em CD e DVD pela gravadora Deck. 

Iniciando o show ele canta que “o som não tem fronteiras, é made in coração” (“Made in Coração”). O registro traz 14 músicas que transitam em diferentes fases de sua carreira, como “Quem Viver, Verá”, “Que Maravilha”, “Samba de Orly” e “Samba pra Vinícius”. O sucesso “Aquarela”, que marcou várias gerações, também está no repertório.

Além de trazer parceiros nas autorias, como Vinicius, Chico Buarque e Jorge Ben Jor, Toquinho recebe no palco alguns convidados especiais para cantarem com ele. Interpretando “O Velho e a Flor” e “Veja Você”, a cantora Verônica Ferriani, “com uma técnica vocal primorosa e personalidade cativante”, comenta Toquinho. E completa falando que “cada nota que ela canta tem um charme especial”.

“Desde minha parceria com Vinicius, a presença feminina tornou-se marcante nos shows. Além de tudo, valorizam o espetáculo com sua graça e fluência de palco. Principalmente quando há sincronia natural de vozes e amizade”, conta Toquinho. Afirmando essa presença, mais duas cantoras participam do show. Com Tiê ele canta o sucesso da cantora, “A Noite”, única música do disco da qual Toquinho não é autor. “Tiê gravou comigo sua primeira canção e viajamos para uma série de shows pelo Brasil e na Europa, ela fazendo a parte mais intimista, procurando um estilo próprio. É um prazer tê-la como parceira nos palcos.  E sempre que surge uma oportunidade, aproveito para desfrutar de seu talento. Portanto, ela não podia ficar de fora na gravação desse trabalho”, conta Toquinho.

Outra cantora que o acompanhou em diversos shows, Anna Setton faz um dueto com ele na música “Carolina Carol Bela”. “Vi Anna cantar no Baretto, onde ela se apresentava toda semana. Logo percebi que sua característica vocal se adaptaria à minha maneira de interpretar as canções e que poderíamos formar uma parceria a valorizar sobremaneira meus shows. Não deu outra: ela passou a fazer parte de minhas apresentações desde 2012, atuando ao meu lado em sucessivas temporadas pelo Brasil, na Argentina, no Uruguai, no Chile, na Espanha e na Itália, tornando-se uma atração a abrilhantar o espetáculo com sua presença suave e voz impecavelmente afinada”.

“Mutinho trabalhou como baterista em minha banda durante mais de vinte anos. Tornou-se amigo de tantas venturas e aventuras nos Circuitos Universitários que fazíamos junto do Vinicius de Moraes e do baixista Azeitona. Éramos os “quatro mosqueteiros musicais”, invadindo as estradas do interior de Minas a São Paulo. Em meio a essas andanças, tornou-se meu parceiro em cerca de 30 canções, entre elas, “Escravo da alegria”, “Ao que vai chegar”, “Canção pra Jade”, “Oi-lá” e todas as faixas do disco “Casa de Brinquedos”. E “Turbilhão”, na qual ele participa nesse DVD, simbolizando o valor de uma amizade duradoura, base de toda parceria”, explica Toquinho.

Última participação do DVD, seu amigo de muito tempo Paulo Ricardo canta com ele “Tarde em Itapoã”, canção que já haviam registrado juntos no CD “Toquinho e Paulo Ricardo cantam Vinicius”. “Além de ser um ídolo do rock brasileiro, Paulo Ricardo é capaz de transitar com talento por outros gêneros musicais, expondo-se a diferentes desafios. Prova disso é o álbum em homenagem ao Vinicius de Moraes, de 2010, no qual eu quis gravar músicas do poeta de uma forma inusitada, com arranjos modernos, numa linguagem diferente de tudo o que já foi feito.  Na gravação do DVD em homenagem aos 50 anos de minha carreira, Paulo está cantando comigo essa canção, uma das mais importantes dessa trajetória musical, pela perfeita junção entre melodia e letra. E também porque foi depois dela que Vinicius de Moraes passou a depositar inteira confiança em meu trabalho fazendo deslanchar nossa parceria”.

Encerrando o show, Toquinho fala de sua indignação com a política do país e manda tudo, assim como fez no passado, para “A Tonga da Mironga do Kabuletê”. 

O DVD ainda traz extras, com imagens de Toquinho interpretando sete canções clássicas em voz e violão: “Serenata do Adeus”, “Abismo de Rosas”, “Jesus, Alegria dos Homens”, “Bachianinha Nº 1”, “Asa Branca”, “Gente Humilde” e “Deixa”. O registro também traz nos extras um making of com depoimentos de amigos da área musical e esportiva.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Real Time Web Analytics