Tribunal reabre caso do suposto plágio de ‘Stairway to Heaven’ do Led Zeppelin

Postado em 11/06/2019 19:44

Um tribunal dos Estados Unidos ordenou a reabertura do suposto caso de plágio do início de “Stairway to Heaven”, do Led Zeppelin. A música teria sido criada a partir da canção “Taurus”, escrita três anos antes pelo guitarrista Randy Wolf, da banda Spirit.

Desta forma, é retomado o longo processo judicial em torno da questão, que em 2014 tinha como réus a própria banda, o cantor Robert Plant e o guitarrista Jimmy Page.

Em 2016, júri decidiu que não houve plágio
Page negou que tenha sido Randy que lhe mostrou os acordes iniciais da música “Taurus” e chegou a dizer em julgamento realizado em 2016 que não tinha ouvido a canção da banda Spirit até poucos anos antes.

Spirit e Led Zeppelin tocaram juntos em várias ocasiões no final dos anos 60.

A primeira audiência judicial foi resolvida por decisão unânime de um júri a favor do Led Zeppelin. A banda defendeu que o trecho parecido entre as canções se limitava “a uma escala cromática descendente de tons” populares no mundo da música. Essa era, segundo eles, a razão pela qual não se aplica va a proteção de direitos autorais.

No entanto, um tribunal de apelações decidiu que era necessária a realização de um novo julgamento por conta dos erros cometidos em primeira instância.

Entre esses erros, o tribunal citou que o júri teve acesso à partitura da “Taurus” e a testemunhos de especialistas musicais, mas não a uma gravação sonora da canção por estar protegida pela Lei de Direitos Autorais.

“Staiway to Heaven” é uma das canções mais populares não apenas do Led Zeppelin, mas da história do rock. Uma derrota nos tribunais com relação à integridade da autoria poderia representar uma enorme quantia de dinheiro para os envolvidos no caso.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com